Abril Laranja


Campanha chama atenção para os maus tratos contra os animais

Publicado em 16/4/2019

Muita gente não sabe, mas o mês de abril é dedicado à prevenção de maus-tratos contra os animais. A campanha Abril Laranja nasceu com objetivo de que as pessoas reflitam sobre esta prática. 

Criado pela Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (ASPCA), o Abril Laranja visa enfatizar a fiscalização da violência contra o animal. No Brasil, a legislação criminaliza quem cometer agressões físicas, abandono ou tráfico de animais silvestres. No entanto, alguns institutos de pesquisa ainda utilizam animais domésticos para experimentos científicos.

Conheça o nosso mascote 💜

No UniFOA não são utilizados animais domésticos em pesquisas científicas e nenhum projeto com animais pode ser realizado sem a aprovação da Comissão de Ética no Uso de Animais (Ceua). Para reduzir o uso, foram adquiridos manequins para pesquisas que envolvem os seres humanos. “Preconizamos o uso de modelos alternativos visando substituir a utilização dos animais”, destacou o coordenador do Comitê de Ética no Uso de Animais do Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA, Dimitri Alves.

A sociedade também é importante no combate a este tipo de crime. Para tanto, basta denunciar situações suspeitas de maus-tratos aos animais nas delegacias de polícia e de meio ambiente ou promotorias de justiça.

Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos configuram crimes contra o meio ambiente e estão passíveis de pena, como detenção de três meses a um ano e multa, de acordo com a Lei nº 9.605/98. A pena é aumentada até um terço se ocorrer a morte do animal.


Brownie, o mascote do UniFOA
Café
Chorão

Tags:

Veja Também: