#VisitaOrientada: interlocuções entre a educação básica, pesquisa e extensão


Estudantes do CIEP 292 conhecem campus Olezio Galotti nessa quinta-feira, 21

Publicado em 21/2/2019

Alunos do CIEP 292 – Professora Jandyra Reis de Oliveira visitaram o UniFOA, nessa quinta-feira, 21. Os estudantes do terceiro ano do ensino médio conheceram toda a infraestrutura do campus Olezio Galotti e também participaram de uma palestra com professores da instituição sobre pesquisa e empreendedorismo.

A atividade foi uma parceria entre o Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente, Mecsma, e os cursos de Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura), Enfermagem e Educação Física (Bacharelado e Licenciatura).

Além de apresentar o UniFOA, a ação também leva o ensino, a pesquisa e a extensão aos alunos da educação básica, segundo a professora Ana Paula Cunha Pereira, que é docente do UniFOA e do CIEP. “A ação se originou da prática de Visita Orientada realizada pela Divisão de Marketing e, junto ao professor Paulo Amoretty, vimos a possibilidade de discutir, em algum momento da visita orientada, o empreendedorismo e pesquisa”, pontuou Ana Paula.

Visitando a instituição pela primeira vez, a aluna Gabrieli Lima, pensa em cursar Administração. “É um ano decisivo para nós, tendo em vista que ingressar em um curso superior é um passo muito importante e um grande sonho também. Optei por Administração por ser uma área que já tenho contato e o curso que fazemos no CIEP me apresentou um pouco sobre a carreira de um administrador, me encantei e pretendo seguir”, contou a estudante.

O CIEP 292 possui o Ensino Médio Integral, com curso técnico em Administração focado em empreendedorismo. “A visita proporciona uma visão do que ele pretende com a sua formação profissional, além disso, a abordagem dos temas que eles têm em sala de aula na escola, faz com que eles deem sentido à teoria”, comentou a diretora da escola, Ângela Duque.

O empreendedorismo tem crescido e mudado o mundo, de acordo com professor Paulo Amoretty, um dos responsáveis pela Sala de Inovação e Negócios do UniFOA. “Quando o jovem já tem contato com o tema desde o ensino médio, ele já aprende que ele pode inovar, criar produtos e serviços sem precisar de muito, apenas algumas características de empreendedor, como ter visão, aproveitar as oportunidades e, o principal, transformar sonhos em realidade”, concluiu.


Veja Também: