Notícias

‘A engenharia está em tudo’

Aluna do curso de Engenharia de Produção participa da XVI SBPMat - 06/10/2017


Ana Flávia Sampaio de Souza, aluna do 6° período de Engenharia de Produção, participou do XVI SBPMat, em Gramado/RS, entre os dias 10 e 14 de setembro. O evento é realizado pela Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat) e reúne cerca de mil e trezentos participantes. Ana Flávia apresentou seu trabalho intitulado ‘Caracterização tribológica e dureza ao risco de fios ortodônticos estéticos’.            

Segundo Ana Flávia, a pesquisa consiste numa análise de  propriedades tribológicas, referentes à fricção, lubrificação e desgaste do material, nesse caso os fios estéticos utilizados por dentistas. Ela explicou que se o fio possuir um menor coeficiente de atrito pode melhorar a transmissão de força nos dentes do paciente e, dessa forma, o período de tratamento é reduzido. “A importância desse estudo se deve ao fato de que esses materiais já são utilizados e podem oferecer risco à saúde dependendo do desgaste”, explicou Ana Flávia.
           

Participar de um evento tão relevante para a área foi uma oportunidade ímpar para a aluna, já que a experiência colaborou com a familiarização a respeito da metodologia científica e a ajudou a ‘combinar o conhecimento teórico e prático’. “Tendo em vista que todo profissional precisa ampliar seu campo de atuação, o trabalho me auxiliou a estabelecer novas perspectivas, já que o mercado de trabalho exige maior flexibilidade e capacidade de adaptação às diversas tendências”, disse.
               

O tema foi uma proposta do professor e orientador Emanuel Santos que apresentou a ideia. A área de ciências de materiais sempre atraiu a aluna. “Embora o produto pareça não ter ligação com a engenharia, ele tem total relação, porque a engenharia está em tudo”, concluiu Emanuel.
           

A coordenadora do curso de Engenharia de Produção, Byanca Lima, enfatizou a importância dos alunos participarem de congressos e produzirem pesquisas. “O aluno que aproveita essa oportunidade tende a ser um profissional diferenciado no mercado de trabalho, pois, durante a pesquisa, ele desenvolve algumas habilidades, tais como, iniciativa empreendedora; educação continuada; comunicação oral e escrita e a capacidade de trabalhar em equipes multidisciplinares”, frisou Byanca. Ela ainda ressaltou que o estudo de materiais é a base para o desenvolvimento de novas tecnologias e abrange todas as áreas da engenharia.