Graduação no UniFOA

Medicina

Graduação em Medicina

Ser médico é poder atuar na prevenção, diagnóstico, tratamento e cura de doenças. Esse é o sonho de muita gente, inclusive o seu. Se você chegou até aqui, saiba que o Curso de Medicina possui uma tradição de mais 50 anos de história. Conta com sistema de ensino modular diferenciado com eixos verticais e transversais, que utiliza metodologias ativas e práticas inovadoras, como sala de aula invertida, estudos de caso, jogos dramáticos, seminários, produção de artigos científicos, em múltiplos cenários de aprendizagem que estimulam a integração entre o ensino, a pesquisa e a extensão.

Para que isso se concretize, o curso conta com um gestor para cada módulo e para cada eixo transversal. Essa dinâmica possibilita o acompanhamento sistemático e próximo do dia a dia dos professores e alunos, de forma a minimizar as possíveis dificuldades inerentes ao processo educativo.

Além disso, destaca-se a humanização: tendência em todos os campos e, como não poderia deixar de ser, a área da saúde não fica de fora. A Medicina humanizada ganha cada vez mais espaço e ainda contribui para a fidelização dos pacientes. O ingresso ao curso se dá exclusivamente pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), possibilitando que o candidato possa se inscrever de qualquer lugar do país.

Vale destacar que o Curso de Medicina recebeu, pela segunda vez, o selo SAEME (Sistema de Acreditação de Escolas Médicas), concedido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM).

Áreas de Atuação

O médico pode atuar como profissional liberal em diversas áreas da saúde, como também em gestão de unidades de saúde, chefias de equipes médicas em hospitais, nos setores público e privado. Além disso, após especialização ou residência médica, pode atuar em especialidades como Geriatria, Reumatologia, Cardiologia, Hematologia, Oncologia, Nefrologia, etc. Atualmente, uma área promissora é a Medicina de Família e Comunidade.

Ressalta-se ainda que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a proporção ideal em um país é de um médico para cada mil habitantes. No Brasil, com cerca de 450 mil profissionais, segundo o Conselho Federal de Medicina, a relação é de dois para cada mil habitantes. Apesar de estar acima da proporção ideal sugerida pela OMS, se comparado a outros países, o Brasil ainda possui uma das menores taxas de médicos por habitante.

Galeria do Curso

logo medicina
medicina 1
medicina 2
medicina 3
medicina 4

Grade Semestral

Conheça os Professores

TENHO INTERESSE NO CURSO!

Preencha seus dados para receber informações sobre este curso.