Pesquisa

Apresentação

Valorizar a pesquisa em todos os níveis, incentivando os programas de iniciação cientifica e a integração entre pesquisa e graduação. Este é o objetivo principal do Núcleo de Pesquisa do UniFOA, que valoriza, prioriza e cria condições para o desenvolvimento da pesquisa em todos os seus campi, envolvendo alunos e professores.

Todas as iniciativas que tragam novas tecnologias são apoiadas pelo núcleo, que ainda promove maior integração entre os diversos setores do UniFOA, com a realização de encontros periódicos.

A Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação (Pro-PPG) é responsável pelos Programas de Pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu, pela pesquisa e produção científica. As políticas de pesquisa do UniFOA, buscam articulação de atividades de ensino e pesquisa entre os docentes e discentes da IES, atrelando estas atividades desenvolvidas aos grupos e linhas de pesquisa existentes; dentro do espaço acadêmico, contribuindo para o desenvolvimento de novas práticas acadêmicas, com intuito de elucidar um viés para a pesquisa, preparando-o para a atuação profissional; considerando a construção de conhecimento técnico, capacitando-o para a formação de profissionais capazes de atender de forma crítica e autônoma, às demandas sociais; incrementar a integração entre ensino, produção técnico-científica e extensão através das ações desenvolvidas por este setor. Além disso, também é responsável por: controle e atribuição de auxílio financeiro para qualificação docente.

Os projetos desenvolvidos pelo Núcleo de Pesquisa (NUPE) demonstram outra forma de atuação acadêmica do UniFOA. No âmbito da graduação, a pesquisa é exercida por meio da promoção da sistematização e institucionalização da iniciação científica, enquanto que, nos programas de mestrado, encontram-se a pesquisa instrumental e experimental, intensificando a interação docente-discente na prática investigativa, como forma de fomentar a produção do conhecimento científico na comunidade acadêmica.

O NUPE também é responsável pela divulgação aos diversos cursos de graduação, de congressos, simpósios e jornadas externos e internos; fomento à participação em eventos técnico-científicos e incentivo à participação em editais de fomentos externos para pesquisa (FAPERJ, CNPq, entre outros).