2ª edição do FOA Fest é sucesso absoluto 

foa fest

A 2ª edição do FOA Fest foi um grande sucesso e trouxe alegria, música, entretenimento e muitas guloseimas para os estudantes, gestores, professores, funcionários e amigos da Fundação Oswaldo Aranha (FOA), do Centro Universitário de Volta Redonda (UniFOA) e Escola Técnica da Fundação Oswaldo Aranha (EtecFOA). A festa aconteceu na noite da última quinta-feira (21), na quadra poliesportiva do curso de Educação Física, no campus universitário Olezio Galotti, em Três Poços.  

Entre as atrações, o grupo de pagode liderado por Matheusinho Rosa, que não deixou ninguém parado fez todo mundo cantar e dançar sucessos consagrados. As barracas dos diversos cursos angariaram fundos para as atléticas e diretórios acadêmicos, com a venda de deliciosos petiscos, doces de dar água na boca e a famosa pizza frita, que foi disputada e formou até fila. Tudo muito bem registrado por fotos e vídeos de alunos, mostrando que os promotores arrasaram na montagem e organização do evento.    

O principal objetivo do FOA Fest é acolher e integrar os estudantes do UniFOA e da EtecFOA, uma vez que o evento faz parte das atividades de acolhimento que são realizadas todos os semestres, como forma de receber os discentes universitários e técnicos do ensino médio para que se sintam bem-vindos, além de contarem com o bônus da hora complementar. 

Para a promotora do setor de Eventos e coordenadora do FOA Fest, Lara Prado, esta foi mais uma edição especial:   

Leia também:  Centro de Atendimento Integrado do UniFOA recebe mulheres para aulas de hidroginástica

“É uma felicidade enorme promover esse evento para os estudantes. Sempre digo que esse é um evento deles e para eles. Nós apenas viabilizamos e fazemos acontecer, mas os estudantes são os protagonistas. Então, além de desenvolverem várias habilidades “montando o seu próprio negócio”, eles viveram um evento incrível com muita alegria, animação e acolhimento, para que os novos ingressantes possam ser bem integrados à nossa família e entender o diferencial de ser um estudante do UniFOA e da EtecFOA”, resumiu. 

Lara agradeceu também a parceria com a prefeitura de Volta Redonda, através das secretarias municipais de Ação Comunitária (Smac) e de Cultura (SMC), que cederam as tendas para proteção em caso de chuva, e o palco, respectivamente. “Poder contar com essa ajuda foi fundamental para garantir o brilho da festa, que ainda teve a lua como enfeite e não choveu”, comemorou.  

 

Integração entre alunos e colaboradores marca o FOA Fest  

A participação ativa das atléticas do UniFOA garantiu, de acordo com os responsáveis pelas barracas, arrecadação de fundos que poderão ser revertidos para outros eventos e para os futuros gastos com as competições disputadas em nome da instituição. Não houve comercialização de bebidas alcoólicas.     

O estudante do 4º período do curso de Medicina, João Guilherme Moussallen, trabalhou na barraca que oferecia comida e bebidas visando angariar fundos para o Diretório Acadêmico e a Associação Atlética Acadêmica: “a nossa participação é para incentivar o esporte através dessa integração com todos os cursos. Estivemos na primeira edição e só temos elogios à organização deste evento, pois aumentamos a participação agora. Que venham outros”, disse, empolgado.  

Leia também:  Ação pioneira na região oferece processos de coaching para alunos do Direito no UniFOA gratuitamente

Para o aluno do 1º período do curso de Ciências Contábeis, Daniel Ferreira, as impressões foram muito positivas: “cheguei no UniFOA agora e fiquei sabendo deste evento porque faço parte da atlética. O lucro faturado com a venda dos doces da barraca, que se juntou ao curso de Administração, será revertido para as atléticas dos cursos. Fiz outra faculdade em instituição diferente e, pela primeira vez vejo um evento assim, muito diferenciado, que traz momentos de integração entre alunos, num clima agradável e interessante”.  

E não faltou nem mesmo as surpresas agradáveis, pois durante a apresentação do grupo de pagode, o aluno do 3º período do curso de Educação Física, Lucas Gonzaga da Silva deu uma ‘palhinha’ no som ao vivo e foi muito aplaudido.  

“Foi uma experiência muito boa, pois Matheusinho é um grande amigo nosso. Também tenho um grupo de pagode, o Resenha Certa, e já tocamos outras vezes juntos. A festa está maravilhosa, as barracas estão bem empenhadas e a galera se esforçando bastante. Isso é bom para descontrair, antes da chegada do período de provas e já estamos esperando o próximo FOA Fest”, enalteceu.  

Tocando pela primeira vez na FOA Fest, o músico Matheusinho Rosa aprovou a experiência: “toco pagode profissionalmente desde 2022, trazendo referências que tive toda minha vida, influenciado pela minha família. Já me apresentei em diversas festas universitárias, mas nunca no interior de uma universidade e foi uma grande experiência, incrível e linda”, garantiu. 

Leia também:  Ação entre UniFOA e SMAC-VR auxilia população assistida por CRAS na busca por emprego

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas