Capacitação “Mulheres na Obra” é encerrado com sucesso absoluto

Apoiado pelo UniFOA (através da Pró-reitoria de Extensão), idealizado e realizado pela Singular Arquitetura, com aulas teóricas ocorridas na Sala Verde no Campus Olezio Galotti e as práticas, em um imóvel do Bairro Três Poços, o projeto piloto “Mulheres na Obra” terminou nesta segunda-feira (27) em que 13 mulheres moradoras do Condomínio Minha Casa Minha Vida de Três Poços foram capacitadas para o trabalho de pintura de paredes.

O projeto da Singular Arquitetura conta com a parceria do UniFOA, Sebrae RJ, Sherwin Willians, Toti Tintas e SOS Manas. Mulheres na faixa etária compreendida entre 35 e 50 anos, com menos oportunidades sociais de ascender ao mercado de trabalho foram a prioridade da inscrição. Treze mulheres participaram da capacitação. O principal objetivo foi engajar estas mulheres e inseri-las no mercado de trabalho.

 

aa

 

Capacitação Sebrae RJ

No último dia da capacitação, representantes do Sebrae RJ estiveram na Sala Verde, no UniFOA, para levar orientações sobre como se formalizar. Nathalia Malaquias, analista do Sebrae Rio, afirmou que este momento de orientação é sobre a formalização das formandas, através do modelo de Microempreendedor Individual (MEI): “Nós estamos aqui para explicar melhor como funciona o MEI e a importância desta formalização. Porque uma possibilidade destas mulheres que fizeram a capacitação é que elas sejam inseridas no mercado de trabalho, podendo atuar por conta própria, serem empreendedoras com esta atividade e para que elas consigam fazer atendimentos mais amplos, como o das empresas, podendo inclusive emitir notas fiscais, por exemplo. E sobre os direitos e deveres do microempreendedor.

Leia também:  PIBEX 2022: confira o edital para o programa de extensão universitária

A capacitação teve a duração de uma semana, entre aulas teóricas e práticas. Uma casa de uso social do bairro Três Poços, foi a escolhida para ser a fachada pintada por todas.

 

Mulheres3

 

Satisfação

Malena Cristina Rodrigues de Carvalho adorou vivenciar a experiência: “Foi maravilhosa. Eu já tinha um pouquinho de experiência com tinta para os parentes, mas agora eu aprendi umas técnicas que vou aplicar e aperfeiçoar o que já estou fazendo.

Marinez Rodrigues, analista de Negócios Sustentáveis da Singular Arquitetura diz que o saldo desta primeira edição do projeto foi extremamente positivo: “A gente viu a transformação e motivação destas mulheres ao longo da semana, que não pararam quando deu a hora de terminar. Essa coisa que existe dentro das mulheres, de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, de já estarem acostumadas a se organizar, então na sexta-feira o horário do curso acabou e elas não pararam enquanto o trabalho não foi finalizado, foi muito positivo”, afirmou.

A sócia fundadora da SOS Manas, Gabriela Castro, afirmou que foi muito bonito ver o interesse das mulheres durante todo o processo: “Nós iniciamos com as aulas teóricas e esta era uma preocupação, de alguém desistir logo no início, mas não foi o que aconteceu. Todas, sem exceção, encararam as aulas teóricas e práticas de uma forma transformadora, foi muito bonito ver e acompanhar o processo de cada uma”.

Leia também:  Você sabe o que são as novas Tecnologias da Comunicação e Informação?

“Nós estamos dentro da Escola de Engenharia e é de nosso interesse o aprendizado destas mulheres. Pintura, acabamento, tem tudo a ver com Engenharia Civil. Então, nós estamos juntos nisso: o UniFOA, as mulheres, a Singular e todos os demais apoiadores do projeto”, afirmou a professora e doutora Ana Carolina Callegario, pró-reitora de Extensão do UniFOA.

 

 

bb

 

Cesta básica

No último dia, além da capacitação do Sebrae quanto à formalização como MEI, duas formandas receberam uma cesta básica cada uma. As próprias alunas elencaram quem deveria receber as cestas, baseadas no grau de necessidade delas. Por serem conhecidas umas das outras do mesmo condomínio Minha Casa Minha Vida, de Três Poços, essas mulheres conhecem a realidade umas das outras e este momento foi importante para todas. Além das cestas, alguns brindes (produtos de beleza) foram distribuídos entre as alunas.

Por fim, após a certificação, foi escolhida uma residência com maior precariedade para ser comtemplada com uma pintura com os insumos que sobraram da capacitação. As próprias alunas estão todas envolvidas nessa ação, sob a direção das tutoras do SOS Manas.

Confira outras fotos destes momentos:

 

M5

M6

x

M7

M10

y

M14

M15

z

M18

w

M19

M20

M22

000

M21

Compartilhe:

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ainda não sabe o curso?

Não tem problema! Preencha seus dados abaixo e enviaremos conteúdos para facilitar sua escolha:)

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas