Acadêmicos vencem concurso do Ministério da Saúde

Por meio de ação interprofissional, os cursos de Jornalismo, Enfermagem e Publicidade e Propaganda foram vencedores do concurso elaborado pelo Ministério da Saúde (MS) e a Organização Pan-Americana da Saúde/ Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) para o chamamento de produções de materiais radiofônicos de prevenção da sífilis.

Com o podcast Saúde e Ciência, o UniFOA entra para um seleto grupo de seis instituições privadas e federais do país vencedoras do chamamento público para a campanha. Ao todo, participaram da ação 18 estados, 51 municípios e 41 instituições de ensino superior. Os vencedores foram anunciados na Semana Nacional de Enfrentamento à Sífilis e à Sífilis Congênita que aconteceu entre os dias 19 e 20 de outubro.

Os trabalhos serão divulgados nas plataformas digitais do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana de Saúde / Organização Mundial de Saúde, bem como em rádios públicas, universitárias, web rádios e rádios comunitárias, de alcance nacional, estadual e municipal.

A avaliação dos trabalhos, aconteceu ao longo dos primeiros meses de 2020 e contou com profissionais de diversas instituições renomadas do país. Dentre elas, a Rádio Nacional de Brasília (EBC – Empresa Brasileira de Comunicação), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Conselho Nacional de Saúde (CNS), Associação Brasileira de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço), a Rede de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Federais e a Rede da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS).

Leia também:  UniFOA celebra 55 anos da Fundação Oswaldo Aranha com o mesmo propósito

Segundo o Pró-Reitor Acadêmico do UniFOA, professor Luciano Marins o trabalho elaborado na instituição é uma comprovação de excelência no ensino. Ainda de acordo com ele, projetos que envolvam metodologias ativas e a interprofissionalidade são fundamentais para o desenvolvimento profissional. “É muito importante para os estudantes ter contato com as disciplinas curriculares, mas também em projetos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. Dessa forma, desde o primeiro momento o acadêmico estará conectado e engajado com as atividades. Além disso, com a aplicação do trabalho o aluno desenvolverá as hard e soft skills, relevantes para o perfil do futuro profissional”, disse o Pró-Reitor Acadêmico.

O coordenador do Curso de Publicidade e Propaganda e professor do Curso de Jornalismo, Douglas Gonçalves destaca que o rádio e a educomunicação possuem relevância no processo de divulgação de informações para a sociedade. Para o professor, se todos tivessem o contato com a ciência teríamos outro cenário no país.  “O surgimento do rádio na década de 20 está alinhado com o meio educacional.  Divulgar ciência para a sociedade é um dos papeis dos comunicadores, pois é por meio dela possuímos o conhecimento”, explicou Douglas Gonçalves.

No 4°ano do curso de Jornalismo, Matheus Azevedo ressalta a relevância da comunicação em projetos ligados área da saúde. “A comunicação possui papel fundamental em informar a população sobre os fatos relevantes. As ferramentas comunicacionais podem e devem ser utilizadas para o bem da sociedade, como no caso da prevenção da sífilis”, pontuou o acadêmico.

Leia também:  Presidente da FOA participa do Programa Dário de Paula

O material radiofônico da campanha foi produzido no laboratório da Rádio UniFOA, espaço extensionista e de produções de conteúdos informativos e educacionais. Estudantes, professores e funcionários podem participar deste espaço para veiculação de ideias e ações.

Participantes do projeto:  

Professores Alexis Aragão Douglas Gonçalves (curso de Publicidade e Propaganda e Jornalismo); Matheus Azevedo (Estudante do 4° ano de Jornalismo); Thalles Figueiredo e Larissa de Paula (Egressos do curso de Publicidade e Propaganda); professora Renata Martins (Curso de Enfermagem) e Flávia Selvati e Lohany Ferreira (Egressas do curso de Enfermagem).

 

Professores e estudantes participantes do projeto Foto registrada antes da pandemia
Professores e estudantes participantes do projeto – Foto registrada antes da pandemia

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas