Férias: a importância e os benefícios do descanso para a mente

descanso

O cotidiano corrido e estressante é a realidade do mundo contemporâneo, mas que pode se tornar um perigo à saúde caso não houver pausas no ritmo acelerado. Tirar férias ou uns dias de descanso é fundamental para o bom funcionamento do corpo e para a reposição das energias necessárias à preservação da saúde física e mental.

“Precisamos descansar para recuperar a energia que foi consumida durante o trabalho ou estudo”, explicou a psicóloga e coordenadora do Centro de Aprendizagem e Inovação Pedagógica – CAIP, do Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA, Bruna Casiraghi, acrescentando que, apesar de parecer óbvio a necessidade de descansarmos a mente em curto e longo prazo, muitos não o fazem, podendo desenvolver estresse, depressão e prejuízos à memória e ao aprendizado.

Nosso cérebro mantém-se concentrado em uma atividade por 90 minutos, e fazer uma pausa a cada 20 minutos é significativa, pois se esse tempo for ultrapassado, o foco começa a ficar prejudicado. O cérebro humano não aguenta a concentração por períodos longos e é justamente a atenção que fica prejudicada. “Não podemos viver em função do trabalho/estudo e ser efetivo o tempo todo, pois o excesso acaba sendo contraproducente”, disse.

De acordo com Bruna, por isso a necessidade de pausas, para que haja descanso e a recuperação do cérebro. “O ser humano tem que entender que ele funciona melhor nessa perspectiva e se perguntar: será que estou sendo tão produtivo quanto poderia? O cansaço pode causar a falha do raciocínio e é preciso ficar atento aos sinais de fadigas, como a insônia, constantes dores de cabeça e falta de energia”, alertou.

Leia também:  Prazo prorrogado: inscrições para estudar no UniFOA com até 50% de desconto vão até dia 15

“Às vezes o ser humano faz absurdos como vender as férias e, com isso, acaba ‘roubando’ os momentos de recuperação, a curto e a longo prazos. A própria natureza age dessa forma, se recuperando a cada estação e precisamos aprender com ela, não atropelando as fases. Acabamos, muitas vezes, tomando remédios para nos recuperarmos daquilo que o descanso pode oferecer”, completou. Esse período de descanso garantido por lei é indispensável para a construção de um ambiente mais saudável para trabalhar ou estudar.

Existem, ainda, os casos em que a pessoa não se permite repousar nem mesmo nas férias, pois estão preocupadas em produzir sempre, não cedendo ao descanso. No entanto, é preciso valorizar o ócio nesses períodos, pois nos fornece o tempo necessário para esvaziar a mente, possibilitando criar novas ideias e pensamentos que poderão ser investidos nos estudos e na profissão. “Não precisamos ser produtivos o tempo todo”, salientou a coordenadora.

 

Além dos trabalhadores, o descanso fora da sala de aula é fundamental, pois traz benefícios para o desenvolvimento cognitivo, emocional e social dos estudantes, como o convívio familiar; o estreitamento das relações com a entes queridos e amigos e – porque não –, fazer aquela tão sonhada viagem! É nesse sentido que se manifesta a importância das férias escolares.

Há também os casos de pessoas que estudam e trabalham, e que precisam descansar para a recuperação da memória e melhoria das funções executivas cerebrais, como atenção e concentração. No entanto, o descanso pode variar para cada indivíduo, com o viajar, ler um bom livro, passear no shopping. Não importa, contanto que mantenha a atividade cerebral ativa, porém de maneira relaxante e prazerosa.

Leia também:  Resultado do Edital PIBITI/CNPq 2023-2024 é divulgado

 

Falta de descanso prejudica o sono

Assim como o descanso, o sono é fundamental para o equilíbrio do organismo e mente, sendo uma importante recuperação da energia psíquica e responsável pela retenção da memória em curto e longo prazos.

Um artigo da revista internacional de terapia ocupacional aponta que o sono pode ser também uma interrupção nas atividades físicas e mentais que resultam em um estado relaxado. O problema é quando isso não ocorre e as horas a menos de sono vão se acumulando, resultando na falta do descanso necessário para o nosso corpo e que pode acarretar em uma série de problemas de saúde. Alguns efeitos são rapidamente notados, como o estresse.

Manter afastamento das redes sociais pode ajudar no descanso. Durante um período, navegar pela internet pode até ser uma distração, mas com o passar do tempo acaba prejudicando a recuperação do equilíbrio de corpo e

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas