Professores do curso de Direito palestram sobre Novos Desafios para Educação Jurídica no IAB

Os professores Carlos Pacheco e Luiz Claudio, ambos do curso de Direito do Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA, participaram da live “Novos Desafios para Educação Jurídica” promovida pelo Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), em março. Transmitida pelo canal TVIAB no Youtube, a palestra foi conduzida pela 3ª vice-presidente do IAB, Ana Amelia Menna Barreto, e além dela também compuseram a mesa de debate, a presidente da Comissão de Educação e Assuntos Universitários do Instituto, Benizete Ramos de Medeiros, com mediação da diretora de Comunicação do IAB e vice-presidente da mesma comissão, Carmela Grüne.

O primeiro debate foi sobre “os desafios e as conquistas da gestão universitária na era digital”, e contou com a participação do mestre em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente Carlos José Pacheco; já o painel intitulado “futuros possíveis, passados indesejáveis: o ensino jurídico para além do senso comum” foi apresentado pelo doutor em Educação Luiz Claudio Gonçalves Junior. Os assuntos discutidos foram desde banalização da formação, aumento da oferta de EAD no Brasil, o desafio de formar alunos digitalmente, o futuro do curso de direito, unir ensino presencial e on-line até a importância da tecnologia na exploração da atividade profissional do professor.

Os professores Carlos Pacheco e Luiz Claudio nos concederam uma entrevista para falar um pouco sobre a live em que eles participaram, como palestrantes. Além de falarem da importância de seus temas para o ensino jurídico, também deram seus pontos de vista no futuro do curso de Direito.

Leia também:  Professora de Odontologia e Medicina dá entrevista à TV Rio Sul para falar sobre a ‘doença do beijo’

Novos desafios para educao jurdica

Falar de educação é sempre tema relevante, tanto que foi o assunto principal da live. Para Carlos Pacheco, a educação é de suma importância para o desenvolvimento do ser humano: “No artigo 205 da Constituição Federal, a educação tem três finalidades: formar a pessoa (ser humano), formar para a cidadania e formar para o trabalho/fins profissionais. Então a relevância desse tema é estar discutindo um assunto que é muito sensível para nossa sociedade”.

Já para Luiz Claudio, a importância do seu tema, futuros possíveis, passados indesejáveis: o ensino jurídico para além do senso comum, está ligado às transformações que o curso de Direito passa. Segundo o professor, a ideia do ensino tradicional se tornou obsoleto diante do potencial das tecnologias, que passaram a nortear não só os cursos de direito, mas a educação como um todo. Fazendo com que esse passado se tornasse indesejável.

“Hoje você não pode formar um aluno sem olhar para o futuro. É um grande desafio. Mas é um desafio bom porque faz com que a sociedade se veja organizada, as instituições de ensino e o mercado de trabalho se movimentem, ou seja, é uma oportunidade”, explica professor Pacheco sobre a afirmação que fez em live: o desafio atual é formar um profissional do Direito que vai atuar em um mundo ainda mais desenvolvido digitalmente.

Complementando a explicação de Pacheco, Luiz Claudio acredita que a inserção de recursos tecnológicos no ambiente universitário, particularmente no ensino jurídico, não visa deixar para trás o modelo tradicional, mas sim conciliar com esse modelo anterior, ou seja, seria uma junção do tradicional com o tecnológico, pensando evidentemente nas novas transformações em que ainda vão surgir.

Leia também:  Curso de Enfermagem recebe 2 prêmios pelo evento “Portas Abertas”

“Isso tem a ver com qualidade. Eu vejo vários cursos que priorizaram o quantitativo ao invés do qualitativo, então a ideia do ensino a distância é promover várias modalidades, como o modelo híbrido, por exemplo. Só que muitas instituições aproveitaram a ocasião e já estabeleceram um modelo totalmente distante, sem analisar a perspectiva do próprio aluno”, explica professor Luiz Claudio sobre a afirmação que fez em live: eu sou favorável ao ensino a distância, mas contrário ao ensino distante.

Ao final da entrevista, os professores comentaram de como ficaram felizes com o convite do IAB. Para Pacheco, foi uma honra: “Uma vez que se trata de uns dos maiores institutos jurídicos do Brasil, e eu tive a honra de estar falando de um tema muito sensível até pela minha experiência na área da gestão”. Inclusive, na semana após o evento, o professor recebeu o honroso convite para integrar como Membro Efetivo da Comissão Nacional de Educação Jurídica do Instituto dos Advogados do Brasil.

Luiz Claudio, apesar de já ser membro do Instituto, também ficou honrado com o convite: “É uma instituição que preza pela qualidade do que faz, pela pesquisa e os eventos. Então, a gente fica feliz de ser convidado para participar de uma entidade como essa e, principalmente, ser palestrante de um evento importante”.

Ficou curioso? Confira a live

Leia também:  UniFOA abre inscrições para bolsas do PIBIT/CNPq

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas