TamPet Sul Fluminense: UniFOA firma parceria com projeto que ajuda causa animal com doação de tampinhas

O descarte de tampinhas nos campi do Centro Universitário de Volta Redonda agora tem novo destino que não a lixeira, pois a instituição firmou uma parceria com o projeto ambiental TamPet Sul Fluminense. Com coletores pelas cantinas e pontos de movimento, o projeto voluntário é de um professor de Biologia, Bruno Santos, que conta com o apoio de Túlio Aguiar, estudante de Engenharia Ambiental do UniFOA.

A iniciativa chegou até a instituição a convite de Luiza Carolina Gama Ferreira, do Escritório da Cidadania. Ela soube da ação em Barra Mansa e entrou em contato com o idealizador a fim de oferecer apoio, que se concretizou.

O nome “TamPet” não é por acaso. Segundo Bruno, além de evitar o lançamento de tampinhas plásticas em aterros sanitários, a proposta também tem o objetivo de ajudar na causa animal, uma vez que a arrecadação desses itens é doada à Sociedade Protetora dos Animais de Volta Redonda (SPA), que cuida de 130 animais.

“Ao receber essa doação, a SPA vende o material para uma empresa de reciclagem e o valor é destinado para a compra de insumos e tudo o que for necessário para o cuidado dos pets”, explicou o idealizador.

Túlio reforçou que quando pensou na proposta do TamPet, visualizou duas causas: a reciclagem de materiais recicláveis e a ajuda à causa animal na região. “O meu conhecimento na área de gestão de resíduos me ajudou bastante a conseguir o melhor beneficiamento do material para a campanha”, afirmou o futuro engenheiro.

Leia também:  Inscrições para cursos de formação executiva encerram na próxima semana

“Durante a minha formação, atuei bastante na área de gestão de resíduos em nossa região, como no Saae-BM (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barra Mansa), na Cooperativa Mista de Catadores de Materiais Recicláveis de Barra Mansa (Coopcat-BM), e agora no aterro de Barra Mansa, do grupo Orizon Valorização de Resíduos, que é onde eu trabalho atualmente, com os meus conhecimentos adquiridos ao longo da minha formação acadêmica no UniFOA”, detalhou Túlio Aguiar.

Nos galões de água – transformados em coletores, que estão presentes pelos campi do Centro Universitário de Volta Redonda, podem ser doadas todas as tampinhas de plástico duro, de qualquer cor e tamanho, como de bebidas: água, suco, refrigerante e leite; de alimentos: ketchup, mostarda e maionese; de material de limpeza, como detergente, cloro e amaciante; de medicamentos; e de material de higiene pessoal como creme dental, shampoo e condicionador.

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas