UniFOA é convidado pelo prefeito de Volta Redonda para pesquisar pacientes em tratamento à base de canabinoides

IMG 5014

Um convênio transformador pode mudar a qualidade de vida de centenas de pessoas em Volta Redonda. Na tarde de segunda-feira (16), o UniFOA foi convidado pelo prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto, para realizar pesquisas relacionadas ao uso de medicamentos à base de canabinoides no tratamento de diversas doenças que não regridem com medicações convencionais.

Além do prefeito, o presidente da FOA, Eduardo Prado, recebeu no Campus Olezio Galotti dois representantes da indústria farmacêutica One Lab CBD de Las Vegas, Nevada (EUA), ao lado dos pró-reitores de Extensão, doutora Ana Carolina Callegario, e de Pesquisa e Pós-Graduação, doutor Igor Dutra Braz, do UniFOA para uma reunião.

O objetivo dessa parceria é que a prefeitura apresente ao Centro Universitário de Volta Redonda pacientes com indicação para esses medicamentos. Já a instituição, estudará os casos de perto, em acompanhamento à evolução do tratamento, em pesquisa feita por professores da área da saúde, principalmente de Medicina, como é o caso do pró-reitor Igor, que prontamente se interessou em liderar os estudos.

Para que tudo aconteça, dois convênios serão firmados: do UniFOA com a Prefeitura Municipal de Volta Redonda e do UniFOA com a One Lab CBD, por meio do CEO, Pablo Franco, e do diretor comercial, Pedro Carraro, para parte da aquisição dos medicamentos. E a princípio, segundo o prefeito Neto, 500 pessoas serão beneficiadas com os medicamentos e selecionadas para esses estudos, em cumprimento às diretrizes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Leia também:  Desde 2019 o Inova San contribui para a inovação da região Sul Fluminense

O presidente Eduardo Prado ficou muito otimista com a proposta e acredita que será uma excelente oportunidade para contribuir com a qualidade de vida da população que sofre com Alzheimer, Transtorno do Espectro Autista (TEA), epilepsia refratária, Parkinson e outras doenças.

E entre os casos que poderão ser pesquisados pelo UniFOA, um já é conhecido: o do cantor Arlindo Cruz, que apresenta melhora com tratamento à base de óleo de Cannabis, com a One Lab CBD, no combate ao acidente vascular cerebral (AVC), sofrido em 2017. Durante a reunião, o prefeito Neto exemplificou o caso de Arlindo Cruz como um dos quais se encantou com a evolução e está motivado com esse trabalho, evidenciando a capacidade do Centro Universitário de Volta Redonda em assumir esse desafio.

 

Por Libânia Nogueira
Jornalista | MTB: 0039571/RJ

Compartilhe:

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ainda não sabe o curso?

Não tem problema! Preencha seus dados abaixo e enviaremos conteúdos para facilitar sua escolha:)

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas