Carreira em Y: conheça esse modelo e descubra se é o ideal para você ​

Quando você imagina a trajetória natural de uma carreira, logo pensa que a etapa de maior ascensão é exercer uma função de chefia, realizando a gestão de pessoas? Mas será que precisa ser sempre assim? E como ficam os profissionais que não têm o perfil gerencial? Para dar a opção de escolha para eles, existe a carreira em Y.

Quer entender melhor o que significa esse modelo, como ele difere do padrão linear e todas as suas vantagens? Então não perca o post que preparamos para você!

O que é carreira em Y?

Você demora para escolher uma faculdade, é esforçado nos estudos e faz cursos de qualificação para se destacar em uma área. Começa a trabalhar como especialista naquele assunto, é reconhecido e qual o próximo passo? Com a carreira em Y, como o próprio diagrama da letra mostra, você tem dois caminhos:

  • conseguir cargos mais altos, ainda ocupando a posição de especialista;
  • avançar na carreira, assumindo uma função de liderança, ou seja, realizando a gestão de pessoas.

É, portanto, um novo modelo adotado por empresas que querem reter talentos, já que o profissional se sente à vontade para continuar no cargo de especialista, visto que terá os mesmos benefícios, reconhecimento e salário de alguém que optou por seguir a trajetória gerencial.

Quais são as diferenças desse modelo para a carreira linear?

A principal diferença da carreira em Y para o modelo linear é atender o perfil do profissional, considerando suas soft skills — que são as habilidades relacionadas a seu comportamento — e interesses. Não são todos que gostam de gerir pessoas e almejam ocupar a posição de chefia.

Leia também:  O que é a nota mínima no Enem? Descubra agora!

Antigamente, era comum um profissional que se destacava na empresa, mas que não tinha outra opção a não ser assumir um cargo gerencial. Contudo, ele não queria deixar de ser especialista, ou seja, queria continuar a colocar a “mão na massa” e a ser mais produtivo em sua área.

Viu só como essa flexibilidade permite à pessoa escolher qual trajetória quer seguir para, dessa forma, conseguir realização pessoal e profissional?

Quais são as vantagens da carreira em Y?

Quer entender melhor por que esse modelo só traz vantagens? Veja abaixo:

  • dá poder de escolha ao profissional;
  • é uma forma de as empresas se destacarem no mercado, já que podem reter profissionais altamente especializados e inovar;
  • permite à pessoa fazer carreira em sua própria área de atuação sem precisar assumir uma função mais generalista, realizando, por exemplo, a gestão de equipes;
  • oferece a mesma valorização e salários tanto para o cargo de especialista quanto para o gerencial;
  • é uma maneira de conseguir fazer um plano de carreira mais direcionado para seu segmento de atuação, sem ter que fazer cursos de gestão que, muitas vezes, não são de seu interesse.

Agora você já conhece os modelos de trajetória profissional, podendo decidir qual é melhor para o seu perfil e interesses. O diferencial da carreira em Y é a possibilidade de escolha, permitindo seguir o caminho mais adequado às suas habilidades e aspirações.

Leia também:  7 dicas incríveis para ter mais motivação para estudar

Gostou deste conteúdo? Você conhecia os modelos de carreira? Compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais para que eles também tomem conhecimento do assunto!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas