Conheça 11 possíveis áreas de atuação do Direito

Seguir carreira em Direito é o grande sonho de muitas pessoas que reconhecem a importância de um curso superior para ter um bom futuro profissional. Além de ser uma formação bastante tradicional e valorizada pela sociedade, ela também é vantajosa devido às diversas áreas de atuação disponíveis no mercado de trabalho.

Com 5 anos de duração, a graduação em Direito conta com uma grade curricular que inclui disciplinas de várias vertentes dessa profissão. Assim, o estudante tem a oportunidade de pensar, ainda no decorrer do curso, qual delas acha mais interessante para trabalhar depois de formado.

Neste post, listamos 11 dos principais segmentos de atuação do Direito. Quer uma carreira sólida e com boa remuneração? Então, continue a leitura!

1. Direito Ambiental

No Direito Ambiental, o objetivo é regular a relação das pessoas, empresas e órgãos governamentais com o meio ambiente. Na verdade, toda a legislação dessa área serve para amenizar o desgaste dos recursos naturais. Assim, o advogado ambientalista, geralmente, trabalha com foco na prevenção de danos ambientais, ajudando as empresas no cumprimento da lei. Por isso, o profissional encontra muitas oportunidades em consultorias, auditorias e acompanhamento de processos de licenciamento.

2. Direito Digital

Esse ramo do Direito é resultado da necessidade de lidar com questões jurídicas relacionadas ao uso de recursos tecnológicos, como aplicativos, redes sociais e a Internet. Processos que envolvem fraudes em lojas virtuais e vazamentos de dados são alguns exemplos de ações em que esse profissional pode atuar. Mas também tem a participação do advogado em situações como difamação no ambiente online, bem como quando ocorre violação dos direitos autorais e de imagem, entre outros crimes cibernéticos.

3. Direito do Consumidor

Graças ao popular Código de Defesa do Consumidor, essa certamente é uma das áreas de atuação do Direito mais conhecidas. O advogado que trabalha nesse ramo lida com processos que tratam das relações entre consumidores e fornecedores de bens e serviços. Para evitar problemas com a lei, muitas empresas buscam consultoria com profissionais da área.

Leia também:  9 dicas para estudar em casa e render mais

4. Direito de Família

O Direito de Família é a parte do Direito Civil que trata das questões jurídicas que envolvem o mesmo grupo familiar, regulando direitos e deveres dos seus membros. Oficialização de divórcios, disputas pela custódia dos filhos, adoção e requerimento de pensão alimentícia são exemplos de atividades processuais desenvolvidas por esse especialista.

5. Direito Penal

O Direito Penal, que também pode aparecer nos livros como Direito Criminal, é voltado para a atribuição de penas àqueles indivíduos transgressores das leis, de acordo com o Código Penal. Como advogado criminalista, o profissional pode trabalhar na defesa de clientes que enfrentam acusações de crimes e desejam provar sua inocência ou conseguir penas mais brandas.

6. Direito Trabalhista

Nesse ramo, também bastante difundido, o foco são as relações jurídicas entre empregados e empregadores. Por isso, o advogado que segue carreira em tal segmento, normalmente, atua em ações para proteger os direitos dos trabalhadores ou, ainda, presta consultoria para empresas preocupadas em seguir a legislação a fim de evitar processos.

7. Direito Tributário

Mais uma oportunidade que o estudante deve levar em conta é o Direito Tributário. Porém, é preciso gostar de números e de estudar bastante. Isso porque a cobrança de impostos no Brasil é muito emaranhada e ainda por cima muda a toda hora.

Para se ter uma ideia do grau de dificuldade desse ramo jurídico, a CNI (Confederação Nacional da Indústria) afirma que a maioria dos empresários do país considera o sistema tributário brasileiro complexo. Por outro lado, justamente por ser de entendimento complicado, essa área paga bem. Desse modo, vale a pena se dedicar para se tornar um profissional especialista em tributação.

Mas não é só isso: não é somente na hora de entrar com processo (ou se defender de um) que o advogado é chamado. Na verdade, ele também faz planejamento e consultoria sobre o assunto a fim de orientar a empresa a cumprir tais leis, que realmente são bastante confusas.

Leia também:  Conheça 4 técnicas de gestão de tempo para estudos

Outra boa notícia é que as organizações de todos os segmentos necessitam desse tipo de advogado. Por esse motivo, essa área está na lista dos ramos do Direito em alta na atualidade.

8. Direito Empresarial

O Direito Empresarial, também chamado de Direito Comercial, visa equilibrar os interesses de pessoas físicas e jurídicas que realizam negócios entre si. Nesse ramo, você pode atuar para uma empresa ou apenas trabalhar por contrato para ações específicas.

De qualquer forma, os vencimentos costumam ser atraentes. Mas o que se faz nessa área? Você pode redigir contratos, analisar as cláusulas, defender o cliente acusado de algo relacionado a transações comerciais, entrar com uma ação em nome de uma empresa que se sentir prejudicada e por aí vai.

Nesse tipo de Direito, também entram questões envolvendo formação de sociedades, propriedade intelectual, registro de marcas e abertura e encerramento de atividades. Por causa do enorme campo de trabalho, muitos futuros advogados estão preferindo atuar em grandes empresas do que manter seus escritórios próprios. Mas essa é uma escolha muito pessoal que você pode deixar para depois!

9. Direito Eleitoral

Outra entre as várias áreas de atuação do Direito é a especialização na lei eleitoral. Para começar, a cada dois anos temos eleições e nesse meio tempo milhares de candidatos concorrem aos pleitos.

Quando alguém decide entrar nessa disputa, é preciso prestar contas do que ocorre nas campanhas. Ou seja, mesmo em ano sem eleições, tem trabalho para o advogado especializado nessa vertente.

O profissional do Direito Eleitoral também atua em processos entre partidos, na defesa de acusados de crimes eleitorais, em casos envolvendo calúnia, difamação etc. Também há um excelente espaço no Direito Eleitoral para a magistratura, isto é, para atuar como juiz especializado no assunto. Devido à quantidade enorme de opções, o estudante de Direito precisa saber os detalhes sobre as possíveis escolhas. Só assim poderá tomar a decisão mais adequada ao seu perfil e habilidades.

Leia também:  Quando vai ser realizado o Enem? Entenda como será!

10. Direito Contratual

Já o Direito Contratual é direcionado à elaboração e à fiscalização de contratos. Nesse segmento, o advogado presta orientação nas várias etapas que levam à assinatura de um grande negócio, tratado ou convenção.

Por exemplo: averiguar se as cláusulas estão dentro da lei. Além disso, durante a vigência desse documento, pode haver conflitos entre as partes. Nessa situação, o advogado também entra em cena, seja por meio de acionamento judicial, seja por tentativa de acordo.

11. Direito Desportivo

Agora, se os nichos mais burocráticos da Advocacia não são muito a sua cara, não desanime! Uma das áreas de atuação do Direito bem interessante é o Direito Desportivo. Aqui, as chances de trabalho também são bem variadas. Afinal, se um atleta for acusado de doping, vai precisar de advogado. Se um time quiser contestar a perda de pontos em um campeonato, também necessitará desse profissional. Um atleta cujo contrato foi quebrado sem motivo? Podemos dizer o mesmo.

Entidades desportivas com dívidas trabalhistas ou de impostos? Mais uma oportunidade que se realiza para o advogado! Para quem está com muitas dúvidas sobre o curso de Direito, vale a pena conferir essa área com mais tempo, carinho e atenção. Afinal, ela reúne os princípios legais da profissão à emoção do setor esportivo.

Porém, tem um detalhe: para trabalhar em qualquer uma das áreas de atuação do Direito, é fundamental ter uma formação de qualidade e se sair bem na prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Essa é uma exigência para exercer a profissão. Portanto, tenha bastante cuidado na hora da escolha da Universidade! Seus conhecimentos serão testados depois do diploma!

Gostou de conhecer as áreas de atuação do Direito? Quer ter uma carreira de sucesso? Então, entre em contato com o UniFOA agora mesmo!

direito

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas