9 dicas sobre como desenvolver confiança para o vestibular

Ao se preparar para o vestibular, o estudante passa por um período de enorme pressão. Afinal, essa prova é importante para definir não apenas a sua entrada no Ensino Superior, como também o seu futuro no mercado de trabalho.

Por isso, é comum ter momentos em que a síndrome do impostor fala mais alto e parece faltar a confiança para o vestibular. Porém, para conseguir um bom desempenho no exame, é fundamental não só ter conhecimentos sobre o conteúdo cobrado, como também saber lidar com esse sentimento negativo. Somente dessa maneira o candidato terá a calma necessária para realizar o processo seletivo da melhor forma possível.

Pensando nisso, neste post, vamos explicar por que a insegurança afeta o desempenho do estudante, além de dar algumas dicas para desenvolver a confiança para o vestibular. Continue a leitura e confira!

Por que a insegurança afeta o desempenho do estudante?

Se você está se preparando para o vestibular, já deve ter percebido que a sua confiança diminui cada vez mais, conforme a data da prova se aproxima. Porém, se esse é o seu caso, saiba que isso também acontece com os seus concorrentes.

O principal problema dessa insegurança é que ela interfere no seu fluxo de aprendizado. É por isso que surge aquela sensação de que os horários de estudo não estão rendendo o esperado, ou de que você “não sabe nada”.

A falta de confiança para o vestibular também pode aparecer no dia da prova, de modo que o medo e a insegurança façam o estudante se autossabotar durante o processo seletivo, conquistando um rendimento abaixo do esperado.

Como desenvolver a confiança para o vestibular?

Agora que você já sabe como a insegurança pode atrapalhar o seu rendimento nos exames, confira, a seguir, algumas dicas para evitar o estresse antes do vestibular e ter mais confiança ao fazer a prova!

Leia também:  Enem digital: veja como funciona e tire suas dúvidas!

1. Evite se comparar com os outros

Cada um tem o seu jeito de organizar os estudos e se preparar para o vestibular. Afinal, a forma como absorvemos as informações e retemos o conhecimento varia de pessoa para pessoa.

Portanto, evite comparar o andamento da sua preparação para os exames com o de seus colegas. Mantenha o foco na sua rotina de estudos e no seu planejamento, para que não se desenvolva um episódio de ansiedade ou estresse por conta disso.

2. Tenha metas realistas

Um dos maiores erros do vestibulando é criar expectativas que não estão condizentes com a sua realidade. Isso pode causar enormes frustrações no estudante, além de diminuir ainda mais a confiança para o vestibular.

Para isso, procure conhecer os seus limites no que diz respeito aos estudos e respeite-os durante a sua rotina, definindo metas possíveis de serem cumpridas. Dessa forma, você evita desgastes físicos e mantém o seu equilíbrio emocional.

3. Valorize as pequenas conquistas

Conquistar a tão sonhada aprovação no vestibular exige uma longa jornada de preparação, principalmente se você estiver tentando uma vaga em um curso muito concorrido — como Medicina ou Direito.

Por isso, quando estiver perto da data do exame, reserve um tempo para relembrar todo o caminho percorrido e celebrar cada conquista alcançada. Dessa forma, você certamente chegará na prova ainda mais confiante de sua capacidade!

4. Faça exercícios físicos

Durante a preparação para o vestibular, é comum os estudantes focarem tanto a atenção nos conteúdos que devem ser revisados, que acabam se esquecendo da saúde do corpo. Por isso, reserve um período diário — ou, pelo menos, três vezes durante a semana — para realizar exercícios físicos.

Leia também:  Administração ou Ciências Contábeis: como escolher entre os cursos?

Caso você não goste de academias, algumas alternativas de atividades saudáveis são corrida de rua, caminhada, ioga ou, até mesmo, aquela partida de futebol com os amigos. O importante é se movimentar!

5. Não sacrifique o seu horário de sono

Uma prática comum entre os estudantes é abrir mão de algumas horas de sono para dedicar esse tempo aos estudos, principalmente quando a data do vestibular está se aproximando. Porém, além de ser prejudicial para o corpo, também é contraproducente.

Isso porque é durante o sono que o corpo descansa, recuperando as energias gastas durante o dia — inclusive nos estudos. Além do mais, é nesse momento que o cérebro transforma o conteúdo aprendido em memória de longo prazo.

6. Tenha uma estratégia para o dia anterior da prova

Você já deve ter ouvido alguém falar que não adianta estudar na véspera da prova, não é mesmo? E isso é a mais pura verdade!

Os principais vestibulares exigem um vasto conhecimento de seus candidatos, por isso é necessário uma preparação de meses de dedicação.

Portanto, aproveite a véspera da prova para relaxar a mente: passe um tempo com a família, saia com os amigos ou assista a um filme, por exemplo. Escolha uma atividade prazerosa e divirta-se!

7. Planeje também o dia da prova

O dia da prova costuma ser estressante, principalmente quando é o seu primeiro vestibular. Assim, para evitar passar por momentos de tensão desnecessários, é importante tomar algumas providências.

Leia também:  Conheça as 10 profissões promissoras para os próximos anos

Confira com atenção qual é o local em que você realizará a prova e veja como ir até ele. Saia de casa cedo, para chegar lá com antecedência — afinal, você não quer correr o risco de perder a hora, certo?

Uma vez no local, procure não ficar em ambientes com aglomerações. Isso evita que o nervosismo das outras pessoas passe para você.

8. Mantenha-se informado sobre o processo seletivo

Apesar do conhecimento do conteúdo cobrado ser fundamental, a confiança para o vestibular depende também do quanto o estudante entende sobre o processo seletivo.

Por isso, pesquise sobre o formato da prova aplicada por aquela instituição e tente juntar o máximo de informações possíveis sobre ele. Uma boa dica é ir atrás de edições anteriores do exame e utilizá-las como simulado, para que você possa se habituar com a forma como as questões e a redação são apresentadas.

9. Tenha iniciativa durante as aulas

Se você ainda frequenta o Ensino Médio ou está em um cursinho pré-vestibular, aproveite para fazer perguntas e tirar as suas dúvidas durante as aulas. Contar com o apoio de seus professores é uma ótima ferramenta para entender os seus erros e identificar pontos que precisam de maior dedicação.

Como vimos, saber trabalhar a insegurança é fundamental para conquistar um bom desempenho nos exames. Além disso, contar com uma rotina de estudos consistente e estar bem preparado para o processo seletivo são atitudes que também ajudam o candidato a ter confiança para o vestibular.

Se você gostou das dicas dadas neste post, aproveite para compartilhá-lo com os seus amigos em suas redes sociais!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas