Idosos terão ‘botão de pedido de ajuda’ através de parceria entre FOA e Prefeitura de Volta Redonda

Idosos

As pessoas com mais de 60 anos e que são atendidas pela Patrulha do Idoso de Volta Redonda passarão a contar com um ‘botão de pedido de ajuda’ com dispositivo de sistema de georreferenciamento (GPS), que apontará a real localização da vítima, facilitando o atendimento das forças de segurança (Polícia Militar e Guarda Municipal), com mais rapidez e eficiência no momento do socorro. O equipamento de fácil acesso aos idosos está em fase de teste de implantação, através de uma parceria entre a Fundação Oswaldo Aranha (FOA) e a Prefeitura de Volta Redonda.

A FOA e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) estão realizando pesquisas sobre as boas práticas no Brasil e em outros países, para que possam elaborar o Plano Municipal de Segurança e, entre os projetos, está a atenção especial à Melhor Idade, parcela vulnerável da sociedade e que sofre abusos como violências física e financeira, entre outros.

O projeto é acompanhado pelos assessores da presidência da FOA e professores especialistas em gestão e inovação da FOA, Alessandro Orofino, Max Damas e Luciano Azedias. A implantação definitiva do botão de pedido de ajuda deverá ocorrer em breve, após soluções de questões legais.

De acordo com o secretário da Semop coronel Luiz Henrique, “esses investimentos visam sempre uma redução do crime e, no caso específico do botão de pedido de ajuda georreferenciado, de uma diminuição de violência aos idosos”, afirmou.

Leia também:  Tudo é Ciência começa com tarde recheada de atividades  

“Estamos iniciando uma parceria, que será ainda mais aprofundada em 2024, pensando na melhoria da qualidade de vida da população de Volta Redonda e, em especial, das parcelas mais vulneráveis da sociedade, como é o caso da Melhor Idade”, enfatizou Max Damas.

Volta Redonda ocupa a 10ª posição no ranking das cidades com mais idosos no Brasil

Dados divulgados mês passado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que Volta Redonda é a 10ª no ranking das cidades com mais idosos no Brasil, considerando apenas os municípios com mais de 100 mil habitantes. Dos 261.563 moradores, 14,47% são idosos, mais de 37 mil pessoas. Já o Rio de Janeiro é o segundo no Estado com maior percentual de população idosa no Brasil; 13,1% das pessoas têm 65 anos ou mais.

Fotos: Jean Alves (Semop)

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas