Quer saber como passar em Medicina de primeira? Veja 12 dicas!

Muitos alunos que estão prestando o Enem ou o vestibular se perguntam: como passar em Medicina de primeira? Afinal, a concorrência é acirrada, então, como se preparar para tirar uma nota alta e ter aprovação? Bem, não há uma fórmula mágica, mas uma coisa é certa: uma boa preparação faz toda a diferença!

A boa notícia é que com uma boa organização da rotina e as melhores estratégias para o seu cronograma de estudos, dá para assimilar bem as matérias e fazer uma boa redação.

Quer saber quais táticas adotar para conseguir a tão sonhada vaga no curso de Medicina? Então, venha com a gente e veja as 12 dicas que reunimos para você e confira os erros mais comuns que podem atrapalhar sua aprovação!

As 12 melhores dicas para passar em Medicina de primeira

Basicamente, sua aprovação depende de organização, estratégia e motivação. Confira nossas 10 dicas para se dar bem!

1. Tenha um bom cronograma de estudos

Ter um cronograma de estudos é o primeiro pré-requisito para passar em Medicina. Afinal, ele é indispensável para que você consiga dividir o tempo disponível e separar as disciplinas e conteúdos que você deve ver até a data dos vestibulares.

Sem o cronograma, é bem mais difícil dar conta da quantidade de assuntos a serem vistos e ainda encaixar um ciclo de revisão antes das provas. Vale a pena montar o seu!

2. Domine conceitos básicos

Nós sabemos que há muita coisa para estudar, e quanto maior o número de temas que você conseguir explorar, melhor! Porém, se você dominar os conceitos básicos de cada disciplina, já terá uma boa chance de acertar algumas questões, além de ter mais facilidade para assimilar conteúdos mais difíceis depois.

Então, organize seu cronograma de modo que o primeiro ciclo de estudos seja dedicado às matérias mais básicas de cada disciplina.

3. Conheça bem os vestibulares

Os vestibulares costumam variar um pouco em cada instituição de ensino superior, tanto no que diz respeito à sua estrutura quanto à abordagem pedagógica. Por exemplo, você já deve ter ouvido falar que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem um estilo de questões que valoriza a interpretação de texto e o senso crítico do estudante e, mais do que a memorização de fórmulas.

Já outros vestibulares têm uma exigência bem maior de conteúdo “bruto”, podendo dar importância a detalhes como datas e nomes específicos. Conhecer essas particularidades faz muita diferença na sua preparação, então, a dica é realizar as provas anteriores dos vestibulares que você quer prestar para se familiarizar com eles.

4. Dê preferência aos conteúdos mais relevantes

Há muitos tópicos que você vai precisar estudar e, como o tempo é curto, o importante é ver o que é mais relevante, ou seja, aquilo que tem mais chance de cair. Para isso, faça um levantamento dos assuntos mais cobrados, pesquisando as provas anteriores. Assim, foque nesse conteúdo.

Leia também:  Alunos de Medicina participam de ação social nas ruas de VR

É claro que é preciso repassar todos os temas, de todas as disciplinas, mas dá para dedicar mais horas àqueles com maior probabilidade de aparecerem na prova.

Além das matérias, tire um período do dia para acompanhar as notícias nacionais e internacionais. Afinal, esse tipo de assunto geralmente é pedido nas questões e também pode ajudá-lo a se sair melhor na redação.

5. Adote o hábito de fazer resumos

Os alunos que buscam dicas de como passar em Medicina de primeira precisam criar o hábito de fazer resumos. Dessa maneira, é viável absorver melhor os temas, extraindo de cada conteúdo aquilo que é mais importante. Além disso, você pode colar seus resumos em paredes ou quadros de aviso, a fim de reforçar a memória visual.

Sem contar que, ao elaborar esquemas simplificados para o conteúdo, você pratica uma revisão, o que ajuda a ganhar tempo nessa maratona.

6. Não encare os estudos como uma obrigação

Tem que ter muita disposição para estudar para o vestibular de Medicina! Por isso, procure ter outra perspectiva sobre essa atividade: tenha em mente que é algo que faz parte do seu dia a dia, e não uma obrigação cansativa.

Quando estiver muito difícil de manter o foco, respire fundo, coloque sua música preferida ou busque formas mais interativas de estudar, como podcasts e videoaulas que você encontra no YouTube. A tecnologia é uma grande aliada nessa hora.

7. Mantenha uma boa regularidade para aprender

É necessário que os estudos para o vestibular se tornem um hábito, então, desenhe uma rotina com os horários para fazer as leituras e os exercícios e tenha disciplina de cumprir o que foi proposto.

Com isso, você se acostuma a estudar, entra no ritmo e consegue ter concentração para absorver as matérias e ser aprovado no vestibular de Medicina.

8. Prepare o seu psicológico

Também é indispensável cuidar da sua saúde mental nesse processo de estudos, o que vai exigir bastante de você. Apesar de todo o seu esforço para assimilar bem o conhecimento, entenda que você está disputando um vestibular muito concorrido. Portanto, mesmo que não passe de primeira, não quer dizer que não se dedicou.

O importante é não deixar de incluir as faculdades particulares nos seus planos de fazer a graduação em Medicina: você vai encontrar uma ótima infraestrutura e professores qualificados para concretizar seu sonho de carreira. Além disso, pensando assim, você alivia a pressão no lado psicológico. Afinal, com as entidades privadas na sua lista, a caminhada até a matrícula pode ser menos dolorosa.

Leia também:  Quer montar um local de estudos? Confira este passo a passo!

Além disso, viva cada dia sem ficar imaginando como será o momento da prova. Isso é importante para reduzir a ansiedade. Ficar toda hora pensando no conteúdo que vai cair só vai abalar ainda mais seu lado emocional.

Por essa razão, apenas se dedique para dar o seu melhor nos estudos dia após dia. Assim, tenha em mente que o resultado será uma consequência desse esforço diário. Se as coisas apertarem e ficar muito difícil, temos até uma receitinha de chá para estresse. Sim! É possível relaxar enquanto se estuda.

9. Busque motivação para estudar com propósito

Como a concorrência é alta para Medicina, é necessária muita carga horária de estudo para ter alguma chance concreta. Porém, como já dissemos, o equilíbrio emocional não pode ficar de lado.

Nesse sentido, para ganhar aquela força interna a mais, busque pensamentos motivacionais. Ou seja, quando bater aquele cansaço enorme, tente se imaginar como médico ou médica. Visualize seu dia a dia de trabalho, seu salário e também as pessoas que você poderá ajudar com essa formação. Isso vai dar um gás na sua energia e positividade.

Mas não se inspire somente em fantasias. Assim, crie um lugar agradável para você aprender com mais conforto e sensação de bem-estar. O ideal é que você possa montar um local de estudos só seu. Esse lugar precisa ser silencioso e ter a sua cara. Garanta uma iluminação adequada e também itens decorativos que te lembram histórias de superação.

10. Reserve tempo para diversão e descanso

Não é nenhuma novidade que o estresse pode colocar todo o esforço de seus estudos ladeira abaixo. Mas, então, o que fazer para diminuir pelo menos um pouco o nervosismo?

Tenha um tempo para o lazer, a prática esportiva e para relaxar a mente. Por exemplo: ao fazer exercícios físicos, o corpo libera hormônios ligados ao bem-estar, facilitando a harmonia mental e psicológica do estudante.

Além disso, tire um dia da semana só para relaxar: assista às suas séries preferidas e reveja alguns amigos. Enfim, para conciliar lazer e estudos, crie e respeite um cronograma que distribua tempo para movimentar o corpo, relaxar a cabeça e se relacionar socialmente, ainda que pela internet.

11. Aprenda com os erros

Durante os estudos, toda vez que você errar determinada questão ou assunto, não se desespere. O erro é muito valioso, mas nem todos os candidatos sabem disso.

Assim, entenda o que te levou a errar. Depois, estude os tópicos mais complicados para você. Além disso, não se esqueça que os erros são importantes fontes de aprendizado. Por isso, não deixe que as falhas tragam desânimo. Aliás, prepare-se para elas, pois não tem como passar em Medicina de primeira sem errar e fazer esforço!

Leia também:  Como estudar mais em menos tempo? Veja 3 melhores dicas!

12. Fuja de hábitos prejudiciais aos estudos

Por fim, é preciso fugir de alguns comportamentos nocivos que atrapalham a rotina de aprendizado. Nesse sentido, muita gente por aí merece puxão de orelhas nesse quesito: organização!

A bagunça é tóxica para o cérebro em todos os aspectos e lugares. Por isso, se estiver lendo um livro no meio de um quarto revirado, saiba que a tendência é a sua concentração diminuir.

O aluno deve arrumar tudo: o local onde estuda, a mochila, as apostilas, a mesa do computador, enfim. Tudo mesmo! Aliás, é importante manter até o caderno organizado. Isso faz grande diferença na hora de assimilar conhecimento.

Erros comuns que podem impedir sua aprovação

Agora que você já tem as melhores dicas de como passar em Medicina de primeira, anote aí alguns erros comuns que podem atrapalhar seu objetivo e tenha cuidado com eles:

  • deixar para estudar em cima da hora — não deixe para estudar os tópicos do edital poucas semanas antes da prova e com pressa. Isso só servirá para decorar algumas informações, não para realmente aprendê-las, o que exige contato regular;
  • sobrecarregar sua rotina de estudos — você já viu a importância do lazer, não é? Estudar 12 horas por dia sem descanso pode atrapalhar seu desempenho devido ao estresse mental e ao cansaço acumulado;
  • esperar a motivação chegar — a busca por motivação é uma das dicas para passar no vestibular. Porém, depender só dela é um erro, já que você ficará suscetível a desistir do seu plano sempre que tiver um dia ruim. Acostume-se a estudar por compromisso, não por motivação;
  • deixar-se levar por distrações — na hora dos estudos, deixe o celular longe de você e programe pequenas pausas para conferir as notificações. Assim, você não cairá na tentação de ficar rolando o feed do Instagram e perder o foco.

Gostou das dicas de como passar em Medicina de primeira? Esteja preparado para enfrentar uma maratona de estudos e organize sua rotina para atingir seus objetivos. Ah, e lembre-se de curtir esse processo, viu? Afinal, trata-se de uma fase de muita expectativa e aprendizados que certamente deixará saudade.

Siga nossas redes sociais para ficar por dentro de outros conteúdos como este! Estamos no Instagram, no Facebook e no Twitter!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas