Simulação Realística na Área da Saúde: alunos de Medicina e Enfermagem participam de curso

simulação realística

A Simulação Realística destaca-se como uma metodologia inovadora de treinamento, desempenha um papel crucial no aprimoramento da formação profissional dos estudantes de Medicina. Essa abordagem integra estratégias que visam desenvolver tanto habilidades técnicas quanto não técnicas, proporcionando um crescimento substancial no conhecimento dos alunos. Habilidades não técnicas englobam aspectos cognitivos, sociais e complementam as habilidades técnicas, garantindo a prática profissional com qualidade e segurança. 

A metodologia da Simulação Realística expõe os estudantes a cenários que replicam situações comuns e realistas do ambiente de trabalho, variando em complexidade. Promove a colaboração e o trabalho em equipe entre os estudantes, fortalece a relação entre a equipe médica e o paciente e estimula o pensamento crítico e as habilidades de liderança.

Essa abordagem representa uma ferramenta valiosa para preparar os futuros profissionais de saúde para os desafios dinâmicos e exigentes de suas respectivas áreas. 

E pensando nessa oportunidade, os alunos dos cursos de Medicina e Enfermagem do UniFOA participaram de um evento inovador que combinou teoria e prática, proporcionando uma experiência enriquecedora e imersiva para os futuros profissionais da área da saúde.  

Pela manhã, no AudiSmart, o palestrante convidado, professor Dr. Roberto Moraes Júnior, conduziu a parte teórica do evento. Com uma vasta experiência em emergência e urgência, sendo reconhecido nacionalmente como um expert na área, ele apresentou aos estudantes, egressos e professores os tipos de simulações que podem ocorrer, além de mostrar quais caminhos podem ser seguidos em um atendimento, além de contar episódios que já ocorreram com ele. 

Leia também:  Estudantes de Medicina estão de casa nova no UniFOA

Roberto parabenizou a iniciativa da instituição em realizar esse tipo de atividade, reforçando o compromisso de a instituição buscar novas metodologias de ensino. 

“Essa atitude da faculdade mostra uma preocupação fantástica em oferecer o melhor para seus alunos. A simulação realística é uma realidade no ensino médico, e traz benefícios significativos,” e acrescentou, “quando falamos do impacto positivo das simulações na graduação, não é ‘achismo’ meu. Existem literaturas científicas provando que sim. O que se sabe hoje, é que a simulação tem um impacto importante no ensino médico, e um impacto moderado em relação com os pacientes na prática”, falou Roberto. 

O professor do curso Medicina, Walter Fonseca, responsável pela realização do curso, que contou com o apoio da assessoria da presidência, enfatizou a parceria com o professor Dr. Roberto Moraes e a importância da multidisciplinaridade: “Emergência hoje é multidisciplinar. Então você não trabalha mais sozinho. Vamos buscar mais oportunidades como essa para o próximo ano, e não só para nossos alunos, mas também que os médicos da região possam se beneficiar.” 

Ester Oliveira, estudante do 4º ano de Enfermagem, compartilhou sua empolgação com a participação no evento: “Essa é a primeira vez que estou participando de algo assim na faculdade, e achei maravilhoso. O professor Roberto é super didático e gosta de ensinar. É uma experiência interessante, pois estamos no início do curso e simular situações reais nos permite aprender e nos preparar para casos futuros.” 

Leia também:  Novos modelos de aprendizagem é tema de palestra do SEMERJ

Ela destacou a importância da prática: “Simular aqui está sendo o máximo, pois temos contato com nossos colegas que serão médicos, o que nos permite resolver casos que poderemos enfrentar futuramente.” 

Caio Miranda, estudante de Medicina, expressou sua visão sobre o dia, e como a metodologia apresentada, fomentada pela aplicação da teoria médica na prática clínica, foi importante para o aprendizado e evolução quanto acadêmicos, com salas de aula invertidas e a aplicação na prática: “O professor Dr. Roberto Moraes, além de um currículo invejável, dispõe de uma oratória e didática fenomenais. A atividade foi altamente pertinente, abordando temas frequentes no cotidiano médico. A metodologia ativa apresentada pelo professor é de suma importância para nosso aprendizado.” 

Ele ressaltou a relevância da abordagem prática: “A aplicação dessa forma de ensino no UniFOA será de grande valor para o corpo discente, uma vez que vai nos preparar com maior veracidade/proximidade à realidade que encontraremos no nosso cotidiano como profissionais.” 

O evento que contou com a participação do coordenador adjunto do curso de Medicina, Luiz Antônio Neves, foi um sucesso, proporcionando uma experiência única e relevante para os estudantes, que puderam vivenciar de perto situações práticas e desafiadoras da área da saúde. A iniciativa reforça o compromisso do UniFOA em oferecer uma formação de excelência aos seus alunos, preparando-os para os desafios do mercado de trabalho. 

Leia também:  Medicina promove oficina de acolhimento e humanização

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas