Vale a pena fazer uma iniciação científica na faculdade?

A graduação proporciona diversas experiências para os estudantes. Ao fazer faculdade, você tem contato com muito mais do que um ambiente diferente ou novas rotinas de estudos. E um dos aspectos mais vantajosos é a vivência da iniciação científica.

Você não sabe do que se trata? Então, aproveite este post para conhecer essa atividade e ver os benefícios que ela pode trazer para sua formação. Vamos lá?

Como funciona a iniciação científica na faculdade?

Os cursos de Ensino Superior têm forte ligação com o avanço da ciência. Além dos professores precisarem estar sempre atualizados sobre novos conhecimentos que surgem, eles também são alguns dos responsáveis por essa evolução. Isso acontece por meio das pesquisas científicas.

Em universidades e centros universitários, a pesquisa é um aspecto fundamental — aliado ao ensino e às atividades de extensão. Essa característica proporciona muita riqueza para a formação dos alunos, que podem participar da iniciação científica e se inserir no mundo das pesquisas.

Ao fazer isso, eles obtêm conhecimentos fundamentais, como técnicas de sua área de estudos e aspectos da metodologia científica. O contato com essa atividade também promove maior conhecimento prático. Para participar, o estudante deve se informar sobre os núcleos de pesquisa da sua faculdade.

Por que vale a pena fazer parte da iniciação científica?

Agora que você já sabe do que se trata, vamos conhecer as vantagens de se envolver na pesquisa durante a graduação? Confira!

Leia também:  Professor de Biologia: descubra se essa é a carreira ideal para você

Aproximação com o universo científico

Os elementos do método científico precisam ser conhecidos por todos os profissionais que se formam na faculdade. Afinal, é por meio deles que as ciências e profissões são idealizadas. Assim, a iniciação científica contribui muito para uma formação de qualidade.

Ao fazer parte de grupos de pesquisa, você vai conhecer mais a fundo as metodologias na sua área de estudos e vai ser capaz de aliar teoria e prática. Essa aproximação com o universo científico também gera oportunidades de trabalho — abrindo caminho para quem deseja seguir na carreira acadêmica e se tornar um pesquisador ou professor universitário.

Aprimoramento de habilidades

A pesquisa é uma experiência completa, pois envolve muitos estudos e também uma relação íntima com a prática. Um dos principais objetivos da iniciação científica é produzir conhecimentos sobre determinada realidade.

Assim, você não estará apenas aprofundando seus estudos sobre um assunto, mas também desenvolvendo diversas outras habilidades — como senso crítico, capacidade de análise, competências metodológicas etc.

Construção de networking

Outro benefício muito importante da participação em pesquisas durante a graduação é a oportunidade de conhecer pessoas e estreitar seus relacionamentos profissionais. Um aluno que entra na iniciação científica tem contato mais próximo com professores e colegas.

Além das pessoas que também fazem parte do grupo de pesquisa, o estudante amplia sua rede de contatos por meio dos eventos dos quais participa (como simpósios e encontros científicos). Esse networking que começa na faculdade será essencial em toda a sua carreira.

Leia também:  5 dicas de como evitar procrastinação nos estudos

Enriquece o currículo

Por fim, não podemos deixar de citar essa grande vantagem: estudantes que passam pela iniciação científica, sem dúvida, constroem um currículo mais atrativo para o mercado de trabalho. Ou seja, essa atividade é útil mesmo para aqueles que não pretendem seguir a carreira acadêmica.

Colocar a pesquisa em seu currículo mostra para as empresas que você é um profissional ativo, que buscou diversificar suas experiências na graduação. Isso faz toda a diferença em entrevistas de estágio ou emprego.

Percebeu como entrar na iniciação científica é algo extremamente benéfico? Procure uma faculdade que ofereça essa experiência e aproveite. Com certeza, sua caminhada profissional se tornará mais interessante!

E então, gostou deste post? Que tal compartilhar o conteúdo nas redes sociais e informar seus amigos sobre o tema?

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas