Por que escolher uma universidade com metodologias ativas?

Você sabe que precisa cursar o ensino superior para ter uma profissão e construir uma carreira, certo? Mas acaba ficando desanimado, pois não imagina passar 4 ou 5 anos sentado na cadeira, escutando os professores e com uma pilha de livros para ler? No entanto, saiba que você pode estar enganado — já ouviu falar de universidade com metodologias ativas?

Pois é, o modelo de ensino vem se transformando em vários países, inclusive em algumas instituições do Brasil. A proposta prevê aulas e atividades dinâmicas, com a participação ativa do aluno no processo de construção do conhecimento.

Ficou interessado? Acompanhe este post e entenda como funcionam as metodologias ativas e quais os benefícios para o estudante!

O que são metodologias ativas?

Nesse método, os alunos são instigados a participar das aulas e atividades, ou seja, não ficam como meros ouvintes do professor que escreve na lousa ou exibe slides.

Também chamado de aprendizagem ativa, esse modelo propõe que os conteúdos sejam vivenciados, partindo da premissa de que o estudante é o protagonista do processo de construção do saber e o professor, o mediador.

Nessa interação os conceitos são compartilhados e o aluno ganha autonomia, o que favorece o pensamento crítico e a autonomia em tomada de decisões e resolução de problemas. Além disso, o uso de tecnologias, que fazem parte do universo dessa geração de estudantes, é muito bem-vindo nessa forma de ensino-aprendizagem.

Como são as aulas e as atividades nesse modelo de ensino?

As aulas e atividades em uma universidade com metodologias ativas podem ocorrer de diferentes formas. O objetivo é sempre proporcionar uma interação dinâmica entre os alunos, fazendo-os colocar a “mão na massa” e, desse modo, participar efetivamente do processo de aprendizagem.

Leia também:  4 técnicas de redação para você melhorar a sua nota na prova

Veja abaixo alguns conceitos desse modelo de ensino:

  • sala de aula invertida, já que o protagonismo é do estudante;
  • mediação do aprendizado com tecnologia;
  • leitura prévia de temas para serem discutidos em sala de aula;
  • gamificação: técnica que adapta o universo dos jogos para o mundo real, propondo desafios e resolução de problemas;
  • aulas e atividades mais práticas com a participação efetiva dos estudantes;
  • project based learning (PBL) ou aprendizagem baseada em projetos, que consiste em competições entre alunos para incentivar projetos em equipe e senso de liderança;
  • estudo de casos, trazendo a realidade para a sala de aula;
  • aulas em laboratório.

Quais os benefícios para os alunos?

A interação com o mundo digital, tão familiar para os estudantes, é levada para dentro da universidade com as metodologias ativas. Por isso, os alunos têm prazer e interesse em aprender, o que os incentiva a continuar no curso até a formatura.

Acompanhe abaixo outros benefícios desse método:

  • incentivo ao pensamento crítico;
  • autonomia do aluno para pesquisar e estudar;
  • estímulo ao empreendedorismo;
  • melhoria das habilidades de comunicação entre colegas e entre professor e aluno;
  • facilidade para a resolução de problemas;
  • respeito às opiniões divergentes;
  • estímulo ao trabalho em equipe.

A universidade com metodologias ativas pode proporcionar boas experiências aos alunos, garantindo uma formação de qualidade. Além disso, promove o desenvolvimento de competências importantes para a vida pessoal e que serão valorizadas pelo mercado de trabalho.

Leia também:  9 dicas sobre como desenvolver confiança para o vestibular

Então, vai repensar a sua forma de ver a graduação? Se você ainda não sabe qual faculdade cursar e quer conhecer mais sobre as carreiras e o mercado de trabalho, assine a nossa newsletter — você terá conteúdo atualizado diretamente em seu e-mail!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas