UniFOA participa de integração da Secretaria de Saúde de VR 

unifoa

A Constituição Federal garante que é dever do Estado assegurar o acesso de todos à Saúde, a partir da criação do Sistema Único de Saúde – SUS, em 1988. Desde então, os municípios vêm trabalhando para fomentar o processo de formação em saúde, tornando o SUS cada vez mais forte, principalmente através do reconhecimento do papel da comunidade no processo de planejamento, execução e ações fundamentais para a formação dos futuros profissionais. 

Esse foi o objetivo principal do evento “Integração Ensino Serviço Comunidade – IESC 2024”, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde – SMS, no teatro Franklin de Carvalho Jr, no bairro Laranjal, na noite do último dia 5, que debateu o tema central “Pode ser lindo apreender no SUS: desafios para a formação integral dos futuros trabalhadores e trabalhadoras da Saúde”.  

O evento reuniu mais de mil pessoas, no formado híbrido – presencial e on-line -, entre estudantes da área da saúde, residentes médicos, preceptores de estágio, gestores e comunidade, além de ter contado com a participação de representantes de 14 instituições de ensino técnico e superior de Volta Redonda que possuem acordo de cooperação com a SMS. O professor e coordenador do curso de Nutrição, Alden dos Santos Neves representou o UniFOA: 

“Uma das premissas do SUS é a formação de recursos humanos preparados para atuar na realidade da saúde brasileira. E este evento, além de esclarecedor, foi acolhedor para os alunos do UniFOA. Temos uma grande e longa história de parceria com a SMS na construção de um sistema local de saúde mais justo e mais preparado para enfrentar as iniquidades sociais em saúde no nosso município.”, salientou Alden. 

Leia também:  Professor do UniFOA atua em cirurgia inédita na região, no Hospital São João Batista

O encontro foi dividido em duas partes, sendo que a primeira contou com palestras que dissertaram sobre o fortalecimento da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde – PNEPS, proferidas pela secretária Municipal de Saúde Maria da Conceição Rocha; presidente do Conselho Municipal de Saúde, Maria do Carmo Carbogim; sanitarista e secretária executiva da Comissão Intergestora Regional, Sônia de Paula Machado, e a diretora do Departamento de Educação Permanente da SMS, Marcilea Dias. 

O principal objetivo desatacado nas palestras foi sobre a atenção à saúde de forma mais integrada, eficiente e equitativa, no sentido de atender às necessidades vigentes do SUS. Por isso, a importância de promover espaços de discussão que visem o desenvolvimento de uma cultura de inovação em saúde, que incluam o envolvimento de todos os agentes ativos no processo. A meta é aumentar a integração entre ensino, serviço e comunidade, sendo de fundamental importância na formação dos profissionais da área.  

  

Mesa redonda debate a educação na Saúde

A segunda parte do evento foi marcada pela apresentação de um vídeo, mostrando toda a estrutura da rede de saúde de Volta Redonda e com importantes depoimentos de profissionais de hospitais públicos municipais, que enalteceram o SUS e garantiram que trabalhar pelo sistema é de tamanha diversidade, que passa a ser fundamental para todos os profissionais da saúde. A atenção primária foi um tema bem explorado, pois um profissional que tenha essa premissa, realiza um atendimento humanizado, segundo eles. 

Leia também:  Estudantes de Publicidade do UniFOA participam do 45º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação

Em seguida foi montada uma mesa redonda que contou com as participações da secretária Maria da Conceição; da médica de Família e Comunidade, professora associada do Departamento de Medicina Integral, Familiar e Comunitária da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Uerj, Maria Inez Padula Anderson, e do médico e coordenador adjunto do curso de Medicina do UniFOA, Luiz Antônio Neves. Os três participantes deixaram claro que, sem as instituições de ensino não seria possível trabalhar essa face do SUS, voltada para a educação.  

“Acreditamos na educação e sabemos que através dela fazemos uma saúde de qualidade”, afirmou a secretária Maria da Conceição.  

De acordo com a professora Maria Inês, “80% da nossa população depende do SUS e isso traz uma rica experiência ao profissional, que acaba construindo uma formação mais humanizada, com empatia, pois não basta o tecnicismo. Hoje vemos que a base de tudo é a capacidade de olhar para o outro e se colocar no lugar dele para entender o problema de saúde que está enfrentando”, revelou.

A necessidade de fazer uma reflexão no sistema de saúde do país é defendida pelo médico e professor do UniFOA, Luiz Antônio, que falou da criação de uma Escola do SUS.  

“Precisamos de mais investimentos no nosso SUS e aprimorar não só a qualidade, mas também o reconhecimento e melhoria salarial desse profissional de saúde, como acontece nos outros países. Os municípios têm feito um esforço muito grande para compensar o déficit. E, dentro de tudo isso, ainda precisamos formar pessoas seja no nível técnico ou superior”, defendeu, sendo muito aplaudido pelo público presente.  

Leia também:  FOA e Prefeitura de Volta Redonda firmam parceria inédita para a segurança da cidade

O professor Luiz Antônio palestrou sobre o tema “O SUS e os desafios para a formação integral dos futuros trabalhadores e trabalhadoras da Saúde” e finalizou:  

“Este foi um evento bastante importante, promovido pela SMS em parceria com as instituições de ensino, como o UniFOA, que leva os estagiários dos diversos cursos para essa rede de saúde tão potente. Este primeiro dia de integração ensino-serviço-comunidade foi fundamental para que os nossos alunos sejam bem recebidos e aprendam cada vez mais”. 

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas