Ciências biológicas: conheça a área e o campo de atuação

A área de Ciências Biológicas abrange cursos que estudam todas as formas de vida, como seres humanos, animais, plantas etc. O objetivo desse grupo é compreender o funcionamento e a integração do meio ambiente com os seres vivos.

É a área de estudo que pode ser interessante para pessoas curiosas, que gostam de contato com a natureza e que têm interesse em trabalhar com pesquisas. Você se encaixa nesse perfil e deseja saber mais sobre os cursos?

Neste artigo, você conhecerá os principais campos de atuação das Ciências Biológicas. Confira!

Ciências Biológicas

O curso de Ciências Biológicas — ou Biologia — tem duração de 3 a 4 anos e é oferecido em dois tipos de habilitação: licenciatura e bacharelado. Nos dois cursos, o aluno estudará os seres vivos como um todo, terá aulas dinâmicas em laboratórios e fará visitas técnicas. Para obter o diploma, também é necessário cumprir o estágio curricular obrigatório.

A licenciatura forma professores, que atuarão em escolas de ensino fundamental ou médio. Para os que pretendem dar continuidade aos estudos — investindo em mestrado ou doutorado —, as opções são ainda mais amplas, uma vez que podem também trabalhar em universidades.

Por outro lado, o bacharelado tem como objetivo capacitar profissionais para atuar em pesquisas, desenvolvimento e aplicação de processos biológicos. O mercado de trabalho é bastante diversificado, podendo os profissionais atuar em laboratórios, empresas de pesquisa, consultorias, órgãos regulamentares etc.

Medicina

Medicina é uma formação interessante para os que desejam uma profissão dinâmica, cheia de desafios e com chances de obter boa remuneração. Não é à toa que é um dos cursos mais procurados pelos vestibulandos!

O curso de bacharelado — com duração de 6 anos — forma o clínico geral, que pode atuar em diversas áreas, realizando o primeiro atendimento do paciente. Caso queira se especializar em alguma área, o médico deverá fazer uma especialização ou residência médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Leia também:  5 dicas para quem vai morar sozinho para fazer faculdade

Sem dúvida, é uma profissão que exige empatia, flexibilidade e muita dedicação aos estudos. Porém, todo esse investimento tende a valer a pena! De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Medicina é a carreira mais bem remunerada do país e a que apresenta o menor índice de desemprego.

Concursos públicos para médicos atuarem em postos de saúde, por exemplo, chegam a oferecer salários de cerca de 20 mil reais. Nada mal, não é mesmo?

Odontologia

Odontologia é a ciência voltada para o estudo e o tratamento da boca, gengiva e ossos da face. O curso tem habilitação na modalidade de bacharelado — com duração média de 5 anos —, e a grade curricular conta com disciplinas como Anatomia, Estética Dental, Endodontia Clínica, entre outras.

Assim como nas demais áreas da saúde, o dentista deve ser paciente e gostar de cuidar das pessoas. Afinal, ele é responsável pela prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças bucais, tanto em adultos quanto em crianças e adolescentes.

Ao se especializar, o profissional de Odontologia pode desempenhar atividades em diversas áreas, como Ortodontia, Traumatologia, Cirurgia, etc. Em cidades do interior e longe dos centros urbanos, encontram-se as melhores oportunidades de emprego, tendo o profissional também a opção de montar o seu próprio consultório.

Enfermagem

O enfermeiro é o profissional responsável por acompanhar e cuidar de pacientes, prestando todo tipo de assistência em relação ao tratamento médico. Muitas vezes, é ele quem realiza os primeiros socorros, administra medicamentos, faz curativos e recolhe material para exame.

Clínicas e hospitais são os lugares que mais disponibilizam vagas para enfermeiros, mas o mercado é amplo e oferece oportunidade para trabalhadores autônomos. Na assistência domiciliar, por exemplo, o enfermeiro cuida de pacientes que precisam de cuidados especiais em casa.

Leia também:  Quando mudar de faculdade no meio do curso?

Outra área promissora é a enfermagem do trabalho, na qual o profissional atua na elaboração de programas de prevenção e orientação dos trabalhadores nas empresas.

Se você se interessou pelo curso, prepare-se para estudar disciplinas como Saúde Coletiva, Anatomia, Farmacologia, entre outras. Ele tem duração média de 4 anos e, a partir do terceiro semestre, o aluno já dá início ao estágio em laboratórios e hospitais.

Nutrição

A área da Nutrição tem como objetivo promover a saúde e o bem-estar a partir da alimentação saudável e adequada. Apesar de ser muito associada a dietas para perda de peso e ganho de massa muscular, a profissão vai muito além, podendo atuar no tratamento de doenças a partir de um cardápio apropriado.

A graduação em Nutrição é do tipo bacharelado, com duração média de 4 anos. Os profissionais podem oferecer atendimento clínico e também atuar em outros espaços, como escolas, indústria de alimentos, hospitais, órgãos do governo etc.

O curso conta com aprendizagens teóricas e práticas, com aulas em salas comuns e em laboratórios. Por suas características, o bacharelado em Nutrição é compatível com pessoas interessadas em pesquisas. Também é desejável que os profissionais sejam empáticos e dispostos a auxiliar as outras pessoas, tenham boa comunicação e inclinação ao trabalho em equipe.

Fisioterapia

O curso de Fisioterapia tem o foco em diagnosticar e tratar disfunções relacionadas ao movimento do corpo humano. Esses profissionais são essenciais na recuperação de pessoas debilitadas e também na prevenção de doenças ou lesões corporais.

Por esse motivo, é fundamental que os fisioterapeutas sejam empáticos e acolhedores, afinal, precisam ajudar os pacientes em momentos difíceis.

A graduação é oferecida na modalidade de bacharelado, com duração entre 4 e 5 anos. Essa é uma formação generalista, portanto, após formados, os profissionais podem se especializar em algum atendimento do seu interesse. No entanto, é fundamental que a especialização seja reconhecida pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) .

Leia também:  Entenda como usar o Enem para entrar em faculdade particular

O mercado de trabalho para essa área é bastante amplo, com alternativas mais tradicionais, como Fisioterapia Respiratória, Ortopédica e Neurológica, além de atuações em crescimento, como a Fisioterapia Dermatofuncional.

Biomedicina

A Biomedicina, como o nome indica, é a união entre as áreas de Biologia e Medicina. A formação de médicos já compreende os conhecimentos da Biologia. Mas, enquanto na Medicina o foco é o atendimento aos pacientes, a Biomedicina é centrada nas pesquisas sobre as patologias, análises de materiais para diagnósticos etc.

O curso tem a duração média de 4 anos, sendo oferecido na modalidade de bacharelado, com uma grade horária formada por matérias teóricas e práticas. Além disso, durante a formação, os estudantes devem realizar o estágio obrigatório. Os biomédicos podem ter diversas habilitações, que vão além da pesquisa científica.

Alguns exemplos de áreas de atuação são: Acupuntura, Biotecnologia, Farmacologia, Microbiologia, Parasitologia, Saúde Pública etc. As oportunidades mais frequentes no mercado de trabalho para esses profissionais estão em laboratórios de análises clínicas, indústria de medicamentos e empresas focadas em tecnologia médica.

Como vimos, o campo das Ciências Biológicas conta com diferentes alternativas de cursos, cada um deles com seu foco e oportunidades no mercado de trabalho. Desse modo, a área do conhecimento pode atender a diversos perfis e interesses. Considere as informações que você acabou de ler para escolher a formação ideal para as suas expectativas profissionais.

Gostou de saber mais sobre a área de Ciências Biológicas? Então, aproveite e nos siga em nossas redes sociais para acompanhar outras informações e dicas de carreira. Estamos no Facebook, Instagram e Twitter!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas