Como funciona o Sisu e qual a nota mínima para entrar?

Entender como funciona o Sisu é o primeiro passo para realizar o sonho da universidade pública. Afinal de contas, ele é a porta de entrada para universidades e institutos federais de Educação do Brasil.

Além de proporcionarem uma formação gratuita, essas entidades são consagradas no mercado de trabalho. Por esse motivo, quem sai de uma universidade federal tem enorme chance de melhorar a empregabilidade, em qualquer segmento ou profissão.

E você? Quer ter uma carreira de sucesso? Então, venha entender como funciona o Sisu!

O que é o Sisu?

Sisu é a abreviação de Sistema de Seleção Unificada. Desse modo, trata-se de um processo seletivo para preencher as vagas nas instituições públicas de nível superior. Além disso, o programa é executado duas vezes por ano, no início e no meio.

Para quem o sistema é direcionado?

O Sisu é um projeto do Ministério da Educação, voltado aos alunos que realizaram a última prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e não zeraram na Redação. Para formar a classificação, são utilizados os pontos do próprio Enem. Não há restrições de idade e nem de renda.

Como funciona o Sisu na prática?

O resultado do Sisu é publicado na internet, no site do próprio programa. O mesmo vale para as inscrições. Separamos a seguir três tópicos importantes para te ajudar a entender como funciona o sistema. Bom, vamos então ao que interessa: veja como ingressar na faculdade com o Sisu!

Leia também:  Como é o mercado de trabalho de Engenharia Mecânica?

Sistema de pesos

O primeiro passo para compreender como funciona o sistema é assimilar o conceito de pontuação por peso. A dinâmica é a seguinte: as instituições de ensino definem pesos diferentes para as disciplinas do Enem, que se ajustam ao perfil do curso desejado.

Desse modo, para áreas de Exatas, como Engenharia Civil, a Matemática vale mais. Por sua vez, se o curso for de Jornalismo, a prova de Linguagens e Códigos terá mais importância.

Inscrições no Sisu

Para se inscrever, você vai precisar do login e senha da sua última prova do Enem. Depois, basta procurar o curso de seu interesse, por município ou por universidade, sempre lá no próprio site do Sisu. Fique de olho para não perder os prazos!

Nota mínima

A partir do primeiro dia de cadastro, o programa apresentará a nota de corte, também chamada de nota mínima, e a classificação preliminar para todos os cursos.

No entanto, ambos os índices se modificam todos os dias durante o período de inscrição, conforme a quantidade de pessoas interessadas nas vagas vai aumentando.

Então, a nota mínima final será definida ao término das inscrições. Ou seja, a cada edição do Sisu, essas exigências sofrem oscilações. Como exemplo, citamos a nota de corte para Medicina do último Sisu realizado no primeiro semestre de 2021. Na Universidade Federal do Rio de Janeiro foi de 827,16. Em 2020, na mesma instituição, a pontuação mínima foi de 813,55.

Leia também:  Entenda melhor como funciona um programa de trainee!

O que fazer diante da reprovação no Sisu?

Se você não passar de primeira, poderá ficar na lista de espera. As inscrições para as chamadas posteriores costumam ser feitas logo depois das primeiras matrículas. Depois disso, você deve ficar de olho no calendário das universidades, que vão divulgando as aprovações conforme a quantidade de desistências.

Se mesmo assim você não passar, ainda é possível tentar o Prouni (Programa Universidade para Todos). Nesse projeto, os alunos recebem bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Além disso, as bolsas são parciais (metade do valor da mensalidade) ou integrais.

Portanto, o Sisu é um mecanismo para conseguir vaga em universidade pública com a nota do Enem. Por meio dele, você pode realizar o sonho da faculdade gratuita.

E aí? Conseguiu entender direitinho como funciona o Sisu? Esperamos ter ajudado. Ficou com alguma dúvida? Qualquer coisa, deixe seu comentário no post que responderemos sua pergunta assim que possível!

sisu

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas