7 dicas incríveis para ter mais motivação para estudar

Se você está se preparando para ingressar na faculdade ou buscando um bom rendimento acadêmico, a motivação para estudar é uma das chaves para o seu sucesso. Sem ela, fica difícil encarar todos os livros, exercícios e tarefas, ainda mais porque uma rotina de estudos pode ser bem cansativa.

O resultado é que você tem muito mais chances de cair na tentação de procrastinar e não dar conta dos conteúdos. A motivação é o ingrediente necessário para que sua lista de afazeres fique em dia e você conquiste bons resultados.

E a boa notícia é que existem algumas práticas que ajudam a mantê-la lá em cima. Veja 7 dicas incríveis para isso!

1. Defina seus propósitos e objetivos

A palavra motivação tem origem latina: ela vem do verbo “movere”, que significa “deslocar, mudar de lugar”. Estamos falando então do impulso que leva à ação. Em outras palavras, é o motivo, o propósito que gera o seu movimento. Bonito, não é?

Isso significa que o primeiro passo para ter motivação é justamente descobrir o que ela é para você: qual é o propósito por trás da sua rotina de estudos? Tente deixar as razões do seu esforço bem claras. Quanto mais palpável for o seu objetivo, mais você terá disposição para estudar todos os dias.

Por exemplo: preciso tirar 750 pontos no Enem e conquistar uma bolsa de estudos para faculdade de Medicina. Ou, então: preciso ter uma média 8,0 na faculdade para conseguir uma vaga no edital de intercâmbio acadêmico. Relembre sempre o seu propósito!

2. Organize bem a sua rotina

O segundo passo é organizar sua rotina de estudos. Ter clareza sobre o que deve ser feito e quais são seus prazos é fundamental para se lembrar de que cada dia é importante no processo para conquistar seus objetivos.

Leia também:  Afinal, Biomedicina e Ciências Biológicas são a mesma coisa?

Para esse planejamento, leve em conta os seus horários disponíveis e o período do dia em que você tem um melhor rendimento para tarefas que exigem concentração. Algumas pessoas estudam melhor pela manhã bem cedo, enquanto outras ficam mais dispostas à noite. Usar um horário estratégico para o seu rendimento reduzirá as possibilidades de desmotivação.

Além disso, lembre-se de preparar um cronograma, dividindo os conteúdos em partes menores e organizando a ordem dos itens que você deve ver. Assim, todos os dias você saberá exatamente o que deve fazer. Não se esqueça de marcar “check” para cada tópico estudado, ok? Ver as tarefas sendo cumpridas é excelente para aumentar ainda mais a sua motivação.

3. Não espere a inspiração chegar

Já ouviu falar que o sucesso é 10% inspiração e 90% transpiração? É isso mesmo! Não pense que a motivação virá na forma de uma vontade súbita e irresistível de estudar. Isso não vai acontecer. E o resultado é que, nessa espera, você não cumprirá suas metas diárias de estudo. Então, o que surgirá é desânimo.

Encare a motivação mais como um compromisso que você tem com seu propósito. Coloque um alarme para o início do horário de estudos e, com inspiração ou não, abra seus livros, escreva a primeira linha ou dê o play naquela videoaula. Podemos apostar que, depois dessa primeira atitude, a motivação para as próximas será maior.

Leia também:  Desvende as suas 8 maiores dúvidas sobre o curso de Direito

4. Estabeleça uma ou duas prioridades diárias

Agora, uma dica fundamental: na hora de planejar sua rotina de estudos da semana, você pode colocar quantos tópicos ou tarefas os seus horários permitirem. Porém, lembre-se de estabelecer apenas uma ou duas prioridades diárias. E, quando começar a estudar, ataque primeiro esses itens.

Essa é uma medida importante porque estamos sempre sujeitos a imprevistos. Pode acontecer de você não conseguir estudar todas as horas que planejou em determinados dias, mas isso não significa que seu cronograma precise ir por água abaixo. Caso tudo dê errado, você ficará com a consciência tranquila sabendo que pelo menos o que era mais importante foi feito.

5. Elimine as distrações

A procrastinação é a maior inimiga da motivação para estudar. Você se lembra de que o ciclo começa pela ação, e só depois vem a inspiração? Então, se você não começar a fazer suas tarefas logo porque está procrastinando, aí é que terá menos vontade ainda de abrir os livros.

Para evitar isso, é importante eliminar “gatilhos” que levam à procrastinação, organizando um ambiente propício para a sua concentração nos estudos. Sem TV, celular, uma cama confortável ou pessoas para conversar por perto, será muito mais fácil se ater às suas tarefas.

Além de ter um local de estudos adequado, lembre-se de evitar a tentação da internet, das redes sociais e do WhatsApp. De preferência, deixe o celular no modo avião ou em outro cômodo.

6. Descubra os métodos ideais para você

Cada pessoa tem o seu jeito de aprender melhor. Algumas só conseguem assimilar um conteúdo quando escrevem sobre o tema com as próprias palavras. Outras prestam mais atenção a materiais em áudio do que por meio de leituras. Há também quem tenha um melhor aproveitamento quando desenha mapas mentais.

Leia também:  ENEM: qual o momento ideal para começar a estudar?

Enfim, encontre os métodos de estudo e técnicas de memorização que mais funcionam para você, pois insistir em estudar de uma forma pouco produtiva pode levar à desmotivação, já que você sentirá que nunca sai do lugar.

7. Cuide da sua saúde

Por fim, a motivação para estudar também tem tudo a ver com bons hábitos de saúde. Alimentação balanceada, momentos de descanso, prática regular de exercícios físicos e boas noites de sono são fundamentais se você quiser dar conta do seu planejamento.

Não caia na armadilha de passar a noite em claro estudando: no dia seguinte, o cansaço será tão grande que você não conseguirá focar os estudos e deixará suas tarefas pendentes, o que pode virar uma bola de neve. Além disso, com a saúde em dia, você terá mais disposição, bom humor e equilíbrio para encarar a rotina.

A falta de motivação para estudar é um dos principais motivos que levam seus planos a serem frustrados. Afinal, seja qual for o seu objetivo, trata-se de um processo que envolve ações diárias. Então, não deixe de seguir essas dicas para ter vontade de cumprir suas metas todos os dias, está bem?

Gostou do conteúdo? Então, curta a nossa página no Facebook para conferir outros posts como este!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas