Engasgo: Manobra de Heimlich pode salvar vidas

engasgo

O engasgo pode acontecer das mais variadas formas. Ele é provocado pela broncoaspiração, causada pelo bloqueio da passagem de ar por algum alimento, objeto ou, até mesmo, por saliva! Assim, o nosso próprio organismo tenta expulsar o corpo que não seguiu seu trajeto correto de deglutição – da boca ao esôfago. Uma das piores consequências possíveis do engasgo é a asfixia, provocada pela obstrução das vias respiratórias, ocasionando a falta de oxigênio no organismo.

Uma das principais maneiras de ação instantânea em casos de primeiros socorros, segundo diversos especialistas na área de saúde, é a Manobra de Heimlich. Essa manobra consiste em, basicamente, abraçar a pessoa por trás, posicionando as mãos no abdômen, acima da região umbilical e um pouco abaixo do peito, onde está localizado o epigástrio.

Durante o ato, é necessário que o ‘socorrista’ feche a mão em contato direto com o local, enquanto a outra tem que permanecer aberta e deve comprimir a mão fechada. Simultaneamente, o indivíduo precisa empurrar a região para dentro e para cima, como se quisesse levantar a vítima, em um movimento da letra ‘J’, assim como orienta o Ministério da Saúde.

Mas, para executar essa ajuda, é preciso ter controle total e noção do que está fazendo, como explica melhor Carlos Marcelo Balbino, coordenador do curso de Enfermagem do Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA:

Leia também:  As inscrições para a 2ªedição do InterFOA estão oficialmente abertas

“É necessário que o socorrista tenha controle da situação, principalmente em torno da cena, quanto a afastar os curiosos, justamente para o ato da desobstrução. O intuito é realizar tudo rapidamente, para que não comece a faltar oxigênio no sangue. Nesse caso, a vítima correrá risco de uma lesão neurológica, que é irreversível”.

Caso a Manobra de Heimlich não tenha efeito, o caso da vítima pode se complicar e evoluir para uma parada cardiorrespiratória. Nesse caso, busque ajuda especializada rapidamente, de preferência o mais próximo possível do local. Ligue para o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (192) e siga as instruções médicas.

Prevenção ao engasgo

Porém, a melhor maneira de não passar por esse tipo de situação é antecipá-la, por meio da prevenção. De forma geral, não engasgar é mais fácil do que se imagina. O indivíduo que praticar simples e pequenas ações, já faz mais do que o necessário para evitar o engasgo:

“Prevenir é muito menos complicado do que todos imaginam. Durante a alimentação, por exemplo, mastigue devagar, coloque uma quantidade de comida menor que o talher e realize a deglutição (ato de engolir) com calma. Essas são atitudes simples que com certeza previnem a broncoaspiração”, declarou Marcelo, sobre a forma correta de agir durante a alimentação.

Engasgo com bebês

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, a aspiração de corpo estranho é observada principalmente nas crianças do sexo masculino, na faixa etária de 1 a 3 anos. Mais de 50% das aspirações ocorrem em crianças menores de 4 anos e mais de 94% antes dos 7 anos de idade.

Leia também:  Visitas de escolas ao campus Olezio Galotti marcaram o ano de 2021

Nesse caso, coloque o bebê de barriga para baixo sobre o seu ante-braço ou perna. Vire a cabeça dele para o chão e comprima o meio das costas cinco vezes, para retirar o que está causando a obstrução das vias respiratórias.

Abra a boca da vítima com o dedo e proteja o tórax. Vire a barriga para cima e analise se ainda aparenta dificuldade de respiração. Se sim, faça cinco compressões toráxicas a cada cinco segundos entre os mamilos, com apenas dois dedos. Se encontrar o corpo estranho, retire-o da boca com muito cuidado. Se não achar, repita as compressões até a chegada da emergência.

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas