Universidade privada ou pública: qual a melhor opção?

Para quem acaba de concluir o ensino médio e quer embarcar em um curso superior, já passa pela cabeça uma série de dúvidas, como a escolha da profissão e, principalmente, saber que tipo de universidade cursar. Mas em termos de infraestrutura, professores e ofertas de vagas, o que seria melhor: uma universidade privada ou pública?

Essa inquietação é bastante comum e muitas vezes vem carregada de preconceitos. Ainda hoje é possível ver gente dizendo que os melhores vão “para a federal” enquanto os outros “para uma particular”.

Quer desmistificar preconceitos como esses? Acompanhe este texto e conheça alguns pontos interessantes para levar em conta na hora de escolher uma universidade particular ou pública.

1. Qual tem a melhor infraestrutura?

Como você já deve ter visto, matérias que saem na mídia revelam o sucateamento e a falta de recursos de muitas instituições públicas. Sem contar os períodos de greve e paralisações. Essas são desvantagens do ensino público.

Do outro lado, por não dependerem de repasse do governo, as universidades privadas conseguem manter melhor infraestrutura e ampliar investimentos — em seus laboratórios, por exemplo, locais essenciais para alguns cursos, como na graduação de Engenharia Mecânica. Ter um laboratório bem equipado para dar conta das inovações e dos projetos de iniciação científica é fundamental.

2. Qual tem os professores mais capacitados?

Um bom quadro de professores é um dos fatores fundamentais para a qualidade de um curso superior. E quando se pensa qual seria a vantagem entre professores de uma universidade privada ou pública não há muita diferença. Isso porque, geralmente, o corpo docente dos dois tipos de universidade têm o mesmo grau de instrução, com mestrado e doutorado.

Leia também:  UniFOA é credenciado pelo MEC para ofertar cursos a distância

Além disso, é muito comum ver professores de instituições públicas dando aulas em universidades privadas. Quando isso não ocorre, o professor da rede privada tem mais experiência e interligação com o mercado de trabalho do que o professor da rede pública, que muitas vezes fica atolado com projetos de pesquisa e aulas.

3. Onde o valor da mensalidade é melhor?

Para muitos, um fator determinante é o peso no bolso. De fato, na instituição pública não há mensalidade e ao mesmo tempo é possível fazer um curso de alta qualidade. Por outro lado, algumas mensalidades cobradas por instituições particulares não atendem à condição financeira de muitos jovens.

No entanto, há chances de estudar em faculdades ou universidades privadas de forma gratuita. Por exemplo, existem processos seletivos de bolsas de estudo e possibilidade de financiar o curso por meio do FIES.

Bateu alguma dúvida ou interesse em se candidatar para esse tipo de financiamento? Então, entenda como ele funciona!

4. Qual oferece mais vagas e tem melhor sistema de ingresso?

Você já deve ter visto as poucas vagas que são oferecidas por uma federal, certo? Isso ocorre porque há uma grande demanda de candidatos, que não acompanha a abertura de vagas nessas instituições. Isso dificulta o acesso.

Já nas universidades privadas é um pouco diferente. Seus vestibulares, de modo geral, não são superconcorridos. Além disso, eles não têm todas aquelas dificuldades inerentes do ENEM, principal porta de entrada para a maioria das instituições públicas. De todo modo, não fique de fora do processo seletivo para uma universidade e faça um cronograma de estudos eficiente para o vestibular.

Leia também:  Desvendando o déficit de aprendizagem: compreendendo e superando desafios

Esses foram alguns pontos para levar em consideração com o objetivo de escolher entre uma universidade privada e pública. De qualquer forma, tenha em mente que seu futuro profissional vai depender da sua dedicação com os estudos. Aproveite as oportunidades oferecidas pelas instituições e seja um estudante esforçado .

Para tirar mais dúvidas sobre essa importante decisão, entre em contato com o UniFOA. Estamos à disposição para bater um papo e falar sobre a nossa estrutura!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas