Como estudar para Medicina do zero? Confira 9 dicas!

Muitos vestibulandos têm o sonho de serem aprovados no vestibular de Medicina. Afinal, essa é uma das carreiras mais concorridas do país. Porém, para conseguir a tão desejada vaga, é preciso se dedicar aos estudos ao máximo, para ter o melhor desempenho possível durante o processo seletivo.

Se você está nesse grupo, certamente está se perguntando “como estudar para Medicina do zero”? Pois saiba que, seguindo algumas dicas simples, é possível organizar a sua rotina para obter um melhor rendimento nos estudos e absorver ainda mais o conteúdo aprendido.

Por isso, neste post, vamos dar 9 dicas para ajudar você a conquistar esse sonho. Continue a leitura e confira!

1. Reserve um espaço adequado para os seus estudos

O primeiro passo para obter um bom rendimento e otimizar os estudos é organizar um espaço que seja adequado para o seu aprendizado. Para isso, é preciso escolher um local tranquilo, com boa iluminação e ventilação, que seja fora do caminho das outras pessoas. Assim, você evita que elas atrapalhem a sua concentração ao seguirem com as suas rotina.

Após escolher o local ideal, organize-o com todos os materiais de que você pode precisar para os seus estudos, como livros, cadernos, apostilas etc. Se for utilizar o computador, evite abrir e-mails ou redes sociais, para manter o foco no aprendizado. Já em relação ao celular, é ideal que fique fora do alcance e no modo silencioso — a menos que você precise dele para alguma consulta.

2. Conheça o edital das provas

Conhecer o edital da prova é uma ótima forma de se preparar para o vestibular. Além de apresentar as regras do processo seletivo, o edital contém a lista com todos os conteúdos que podem ser cobrados no exame, listados de acordo com as suas competências.

Leia também:  O que a nota do Enade significa para uma instituição de ensino?

Por isso, quando você estiver organizando os seus estudos, uma boa dica é usar essa lista como base. Dessa forma, evita que algum conteúdo deixe de ser revisado por descuido ou esquecimento.

3. Gerencie o seu tempo

Sabemos que nem sempre é possível se dedicar aos estudos. Afinal, alguns vestibulando já têm uma rotina atarefada mesmo antes de entrar na faculdade, com obrigações no trabalho e em casa.

Por isso, é importante saber gerenciar o seu tempo, para garantir que você conseguirá reservar algumas horas do seu dia para o trabalho, os estudos, a família e o descanso, sem se sobrecarregar ou prejudicar o seu desempenho em alguma dessas áreas.

4. Crie um cronograma de estudos

Algo que pode ajudar nesse gerenciamento do seu tempo é a criação de um cronograma de estudos. Com ele, você vai adequar o seu tem de estudo à sua rotina já existente, organizando os tópicos que precisam ser revisados dentro dos períodos que você tem disponíveis.

Outra vantagem do cronograma é que ele ajuda a evitar que algum conteúdo seja deixado de lado. Por isso, é uma ótima ferramenta para ser usada em conjunto com a lista de competências exigidas pelo vestibular, mencionada no edital da prova.

5. Elabore metas para o seu aprendizado

Quem não gosta de bater uma meta, não é mesmo? Ainda mais quando lidamos com algo cansativo e desgastante, como a preparação para o vestibular, saber que estamos tendo avanços significativos é fundamental para ganhar um fôlego extra — e as metas são ótimas para isso!

Leia também:  Vale a pena fazer Medicina como segunda graduação?

Ao definir esses objetivos, procure ser o mais realista possível, sem estipular metas inalcançáveis. Além disso, pense sempre a curto prazo, para que elas possam ser cumpridas quanto antes e dar a você a sensação de que está realmente progredindo em seus estudos.

6. Reserve um tempo para o seu descanso

Quando estamos nos preparando para o vestibular, é comum darmos prioridade aos estudos e deixar outros aspectos das nossas vidas defasados. Uma prática muito frequente entre os vestibulandos é sacrificar algumas horas de sono — principalmente quando a data da prova se aproxima — para focar ainda mais as revisões.

Isso é prejudicial porque você pode acabar vendo todos os seus esforços para conquistar a tão sonhada vaga serem perdidos em vão. Afinal, é durante o sono que o nosso cérebro desempenha algumas funções, como a transformação das memórias recentes em memórias de longo prazo — o que é fundamental para que você se lembre daquilo que estudou durante o dia.

Por isso, por mais que você acredite que precisa estudar mais, procure manter o seu sono em dia, cumprindo a recomendação de 8 horas diárias.

7. Não menospreze nenhuma área de conhecimento

Se você tem dúvidas sobre como estudar Medicina do zero, saiba que um dos principais erros que pode cometer é menospreza alguma área do conhecimento. Isso normalmente acontecer por pensar que já domina determinado assunto o suficiente, ou que algo não é tão importante assim.

Para evitar cair nessa cilada, procure se organizar de modo que nenhum conteúdo seja deixado para trás. Se você já tem um bom domínio sobre algum tópico, diminua a frequência de suas revisões, mas não as elimine por completo.

Leia também:  Como se qualificar e criar vantagem competitiva profissional?

8. Faça simulados

Fazer simulados é uma boa forma de você testar os seus conhecimentos, além de se familiarizar com o formato da prova. Outra vantagem dessa prática é que você conseguirá ter uma melhor noção de quanto tempo demora para resolver os exercícios e quantos minutos são necessários para preencher o gabarito, por exemplo.

A maioria dos cursinhos pré-vestibulares oferecem simulados durante o ano, tanto para os seus estudantes, como para o público de fora. Além disso, também é possível utilizar as provas de processos seletivos de anos anteriores para treinar a resolução.

9. Utilize a tecnologia a seu favor

Por fim, nossa última dica é para que você utilize a tecnologia a seu favor. Afinal, há vários apps de produtividade que podem ajudar a manter o foco nos estudos e evitar distrações. Por exemplo, existem inúmeros aplicativos que utilizam a técnica Pomodoro, em que você divide o seu tempo em blocos de produtividade e de descanso — o que é excelente para avançar nas suas metas, sem se sobrecarregar.

Como vimos, a preparação para o vestibular não é nenhum bicho de sete cabeças — mas requer esforço e dedicação por parte do candidato. Agora que você sabe como estudar para Medicina do zero, não perca mais tempo: coloque as nossas dicas em prática, foque os seus estudos, e conquiste a tão sonhada vaga no Ensino Superior!

Se você gostou deste post, aproveite para descobrir como encontrar mais motivação para estudar!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas