Como estudar para o vestibular sem abrir mão do lazer?

Ingressar no Ensino Superior é, sem dúvida, a principal meta de qualquer estudante! Mas para que seja possível fazer isso e manter a qualidade de vida, é preciso encontrar um tempo para outras atividades, como o descanso e o lazer. O equilíbrio entre as responsabilidades e um tempo para si é crucial ao definir como estudar para o vestibular.

Que tal ver formas de manter o foco sem estresse ou ansiedade? Listamos algumas dicas para facilitar essa rotina e deixar você livre de preocupações.

Crie um cronograma de estudos

O cronograma de estudos é uma ferramenta vital para um estudante. Com ele, é possível organizar toda a sua rotina, contemplando os pontos importantes para uma boa aprendizagem, estipulando metas a serem cumpridas e garantindo a avaliação contínua do seu processo de aprendizagem.

Como elaborar um bom cronograma

Um cronograma de estudos eficaz começa com a definição das suas prioridades. Por meio delas, certamente ficará mais fácil dividir o seu tempo ao longo dos dias, de forma inteligente e consciente, visando o estudo dos conteúdos e a realização de outras atividades.

É como pegar a sua meta principal — receber aprovação nos exames e redações — e dividi-la em pequenas metas diárias, cumpridas ao longo das semanas até o dia da sua prova. Isso torna mais leve estudar tantas matérias em um período limitado.

Antes de pensar em como estudar para o vestibular, portanto, procure ter um cronograma de estudos montado. Pense nos seus horários e deixe as tarefas prioritárias para os momentos em que você dispõe de mais energia. Esse cuidado evita a sobrecarga de atividades e garante tempo para se divertir e descansar.

Contemple o lazer em sua rotina

Com as suas metas diárias definidas, fica muito mais fácil vislumbrar espaços e “janelas” ao longo dos seus dias para a realização de outras atividades, não é mesmo?

Leia também:  Faculdade de Educação Física: fazer licenciatura ou bacharelado?

Caso você tenha optado por estruturar seu cronograma para estudar no contraturno da escola, por exemplo, ainda sobra um período livre. Ele pode ser aproveitado para a realização de um hobbyprática de atividades físicas, conversa com amigos, uso de redes sociais e soneca. E, se sobrar um tempinho, você pode até dar uma revisada nos conteúdos estudados.

Tenha rigor com o seu cronograma

Uma vez definidas as metas diárias que vão orientar o seu cronograma, siga-as à risca! Com isso, você evita que o estudo dos conteúdos acumule, o que pode aumentar o estresse e a ansiedade. Deixar matérias atrasadas gera vários prejuízos em sua preparação para o vestibular.

Por maiores que sejam as tentações das redes sociais, dos amigos sempre disponíveis para uma conversa, dos assuntos da escola, do seu programa favorito ou de um dia lindo lá fora, siga o seu cronograma. Tenha disciplina e lembre-se de que a diversão também terá a sua hora!

Uma mente descansada e livre do estresse rende muito mais, mantém a concentração em níveis altos e não faz dos estudos uma penitência. Saber como estudar para o vestibular também envolve esse equilíbrio na dedicação a cada tipo de compromisso.

Defina um lugar exclusivo para estudar

Na era digital, muitas das atividades de lazer podem acontecer por meio das telas. Com televisão, computador e smartphone conectados à rede, você nem precisa sair de casa para conferir seus programas favoritos, jogar, aprender algo ou interagir com outras pessoas.

Leia também:  Qual faculdade fazer para ser analista de dados?

O problema é que, nesses casos, o risco de acabar misturando as atividades aumenta. Quem nunca aproveitou, por exemplo, o conforto da própria cama para ler textos em um dispositivo e, depois, permaneceu no mesmo local para acessar conteúdos relacionados a entretenimento?

A impressão que fica é a de nunca terminar as tarefas por completo, já que os momentos e seus respectivos espaços não estão bem definidos. Para mudar esse cenário e conciliar rotinas sem misturar assuntos, eleja um local exclusivo para obter aprendizados.

Se já montou um cronograma e sabe como estudar para o vestibular, estipule um horário para se dedicar ao máximo. Assim que terminar as revisões e exercícios, mude de ambiente ou posição para deixar claro ao seu cérebro que chegou a hora de desfrutar do lazer.

Acrescente recompensas a cada conquista

Reconhecimento é um dos combustíveis da motivação. E nada melhor para comemorar os seus avanços que se presentear com coisas boas. Entenda que as recompensas, na rotina de quem estuda, podem ser desde comer um lanche com aquele café passado até deitar na rede e escutar uma música.

A melhor parte é que elas podem ser encaixadas nos momentos de pausa, sempre que você precisar recuperar as energias e mudar de ares. Para que funcionem, essas recompensas devem estar associadas, de preferência, à finalização de alguma etapa dos seus estudos. Assim, a chance de seguir no caminho do aprendizado aumenta, justamente porque você sabe que algo bom estará à sua espera.

Transformar as recompensas em momentos de lazer é, inclusive, uma solução eficaz para quem está enfrentando o desafio de estudar na quarentena. Com o distanciamento social, planejar a diversão e o descanso no ambiente doméstico passa a ser muito mais adequado e seguro.

Leia também:  Como funciona o curso gestão de recursos humanos?

Aceite as variações de ritmo

Por maior que seja o esforço aplicado em determinada atividade, nem sempre daremos conta de manter o mesmo nível de desempenho. Somos humanos e, dia após dia, precisamos lidar com vários sentimentos, ocorrências e flutuações de humor.

Essas características impactam a rotina de maneiras distintas, o que explica a existência de momentos de baixa produtividade e de períodos que nos fazem render mais. Assim, mesmo que você tenha acesso às melhores dicas de como estudar para o vestibular, procure respeitar as variações de ritmo.

Se tiver queda no rendimento e, mesmo com muito empenho, perceber que não há solução, deixe a tarefa de lado e descanse. Outra possibilidade é aceitar a condição e cumprir menos exercícios. Pense que esse desânimo não vai durar para sempre, então não há problema em desviar um pouco o caminho.

Forçar muito o seu corpo e o seu cérebro não é saudável. A longo prazo, isso pode gerar desgaste físico e mental, atrapalhando ainda mais os seus aprendizados. Invista em outras práticas além do estudo. Evitar a sobrecarga vai deixar você longe do cansaço, irritabilidade e ansiedade.

Viu como existe todo um processo até a conquista do seu objetivo principal? Já que não somos robôs, o ideal é atravessar essa fase com qualidade e inteligência. Agora que você sabe como estudar para o vestibular e favorecer a aprovação, pense em formas criativas de valorizar o descanso e o lazer em sua vida.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para ver também algumas formas de aliviar o estresse antes do vestibular!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas