Como criar um cronograma de estudos eficiente para o vestibular?

Saber como fazer um cronograma de estudos eficiente pode fazer toda a diferença nos resultados do vestibular. A preparação para as provas é um período complicado na vida da maioria dos estudantes, uma vez que são depositadas muitas expectativas sobre eles, que acabam sofrendo com pressão por todos os lados.

Para quem ainda está na escola, a expectativa para entrar na faculdade e mudar de vida é muito grande. Já para os que frequentam o cursinho ou estudam por conta própria, além da ansiedade em começar a cursar o Ensino Superior, as aulas preparatórias para o vestibular podem ser cansativas.

Se você está passando por essa situação e quer conquistar uma vaga na faculdade que tanto deseja, veja o que pode fazer para organizar os seus estudos de maneira mais prática e eficiente!

Revise diariamente os conteúdos aprendidos em aula

Essa dica vale para quem está passando por qualquer uma das situações que descrevemos: revisar o conteúdo diariamente ajuda na fixação e no acompanhamento da disciplina.

Organize-se para revisar os textos e exercícios passados em sala de aula, pois, além da fixação, esse método de estudo também ajudará a identificar as disciplinas com as quais você tem mais dificuldade de aprendizado, permitindo que você foque na melhoria dos seus pontos fracos.

Elabore um plano de estudos

Essa é a melhor maneira de organizar os seus estudos, garantindo que a sua meta seja alcançada. Você pode elaborar o plano de estudos da forma que for melhor para a sua rotina e de acordo com os seus compromissos.

Contudo, em termos de controle, o mais aconselhável é que seja realizado um planejamento semanal, com a listados dias e horários que você tem disponíveis para o estudo, assim como as disciplinas que serão revisadas durante esse período. Tente priorizar as matérias mais difíceis e também aquelas que têm peso maior na sua nota final no vestibular.

Leia também:  UniFOA recebe alunos do IFRJ-Pinheiral para aulas práticas em laboratórios de anatomia

Inclua no planejamento o horário de descanso entre um período de estudo e outro, pois esse intervalo é fundamental para a melhor absorção e fixação da matéria.

Organize o material

Manter a concentração é difícil, não é mesmo? Agora, imagine ter que levantar de tempos em tempos para pegar um material para a disciplina que você está estudando no momento — ou, até mesmo, ter que parar durante um intervalo maior para procurar aquele livro que contém exercícios importantes?

Isso gasta muito tempo e prejudica o andamento do seu estudo. Portanto, organize o seu material antes mesmo de começar e tenha por perto tudo o que for necessário para o dia. A organização do ambiente de estudos como um todo também é importante para o andamento do processo.

Nesse mesmo sentido, procure deixar o smartphone ou tablet longe do seu alcance — a não ser que precise deles para alguma pesquisa — e, de preferência, no modo silencioso. Dessa forma, você evita perder o foco ao ouvir notificações de e-mail ou mensagens em redes sociais, por exemplo.

Faça simulados

Aproveite ao máximo os simulados oferecidos pela sua escola ou pelo cursinho que você frequenta, já que esses testes permitem que você avalie o seu conhecimento. Se quiser ir além desses testes oferecidos pelas instituições de ensino, busque provas anteriores aplicadas na faculdade em que você tem interesse.

Essa prática ajuda a entender melhor qual é a linha de raciocínio seguida pelos avaliadores e, dessa maneira, direcionar o seu estudo para as disciplinas com maiores pontuações. O melhor dia para a realização desse simulado é aquele destinado ao final do seu plano de estudos — ou seja, em uma sexta-feira ou sábado, depois de já ter revisado toda a matéria da semana, por exemplo.

Leia também:  O que é estudo ativo e como aplicar?

Aqui, é importante observar que a regularidade da realização dos simulados ajuda na avaliação do seu progresso semanal e no replanejamento do estudo da semana seguinte.

Identifique as suas prioridades de estudo

Um passo muito importante ao elaborar um cronograma de estudos, como já mencionamos, é ter plena consciência de quanto tempo disponível você terá para se dedicar ao aprendizado por dia. Nesse momento, é preciso considerar seus outros afazeres, como trabalho e cursos, além de períodos para descanso e lazer.

Após determinar isso, é preciso ter bem claro quais são as suas prioridades de estudo. Para isso, procure saber, por exemplo, quais são os temas mais cobrados no vestibular que você prestará, se ele cobra disciplinas específicas na segunda fase e se há a necessidade de elaborar uma redação.

Dessa forma, você poderá identificar as suas prioridades de estudo para conseguir aproveitar ao máximo o seu tempo disponível.

Estabeleça metas de estudo

Uma ótima maneira de se manter motivado nos estudos e conseguir visualizar com mais clareza o seu avanço é por meio do estabelecimento de metas. Porém, para garantir que elas funcionem da melhor forma possível, é preciso que sejam fáceis de alcançar — ou elas podem causar o efeito contrário e te deixar desmotivado, com a impressão de que não está saindo do lugar.

Leia também:  Entenda como a extensão universitária pode ajudar na sua formação

Portanto, parta de um objetivo principal — por exemplo, passar no vestibular — e estipule metas mais simples, que levem você até lá. Uma forma de fazer isso é dividir o conteúdo de uma disciplina em pequenos tópicos e estabelecer alguma bonificação cada vez que você cumprir com cada meta — como ir ao cinema ou fazer algo de que goste.

Dessa forma, você evita se distrair com assuntos do dia a dia e da internet, e mantém o foco nos seus estudos, garantindo que todo o conteúdo do edital seja revisado antes da data da prova.

Defina os momentos de descanso

Por fim, é de extrema importância que você não subestime os momentos de descanso — principalmente as suas horas de sono. Afinal, é durante esse período que o seu cérebro aproveita para fazer uma série de atividades, como transformar as memórias recentes em memórias de longo prazo.

Isso, como você já deve ter imaginado, é fundamental para todo estudante, pois é o que fará com que você se lembre por muito tempo do conteúdo revisado — principalmente, durante a prova de vestibular. Portanto, procure seguir a recomendação médica e reserve ao menos 8 horas por dia para o seu sono.

Viu só como, com um bom planejamento, fica muito mais fácil conquistar a tão sonhada vaga no ensino superior? Agora que você já sabe como fazer um cronograma de estudos, não perca mais tempo: coloque as nossas dicas em prática e melhore hoje mesmo o seu rendimento para o vestibular!

Gostou dessas dicas? Para ter acesso a mais posts como este, siga a nossa página no Facebook!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas