Separamos 9 dicas para você escolher a melhor faculdade de Medicina

Escolher a melhor faculdade de Medicina é uma das tarefas mais difíceis para o estudante. Afinal, essa é uma área concorrida. Por isso, nem sempre se consegue passar nas instituições desejadas. No entanto, o aluno deve selecionar apenas entidades sérias para seguir nessa profissão.

Como se trata de um curso extremamente disputado, é necessário tentar várias formas de garantir uma formação de qualidade. Assim, você de fato pode aumentar as suas chances de sucesso nos processos seletivos.

Além disso, se não refletir um pouco sobre essa decisão, poderá se arrepender e abandonar o curso. Imagine o desperdício de esforço para entrar na faculdade? Afinal, embora às vezes seja inevitável, desistir do diploma no meio do caminho nos faz perder tempo e dinheiro!

E isso ainda mais em Medicina, área na qual há poucas vagas e as mensalidades são caras! Portanto, aproveite para conhecer os principais fatores a considerar ao escolher a melhor faculdade de Medicina! Como? É só continuar a leitura deste post e conferir nossas 9 dicas!

1. Conheça a grade curricular do curso

Conhecer a grade curricular do curso é como saber com certa antecedência o que você vai estudar. Isso é algo que pode fazer toda a diferença para a sua escolha. Embora grande parte das disciplinas seja comum a todas as universidades e faculdades, podem existir variações que influenciem a sua opinião.

Outro aspecto relevante é pesquisar sobre o projeto pedagógico e suas características. Por exemplo: é interessante saber se o curso é mais tradicional ou propõe uma discussão integrada e inovadora.

O ideal é que todos os principais assuntos da Medicina sejam abordados e que as suas expectativas sejam atendidas — principalmente para reduzir os riscos de se decepcionar lá na frente e isso ser motivo de desistência.

2. Confira a avaliação da instituição

Para ter um diploma válido e reconhecido em todo país, é necessário que a sua instituição de ensino seja autorizada e credenciada pelo MEC (Ministério da Educação). Para fazer essa consulta, basta entrar no site do órgão e digitar o nome da faculdade.

Leia também:  O Futuro Profissional Brilhante

Além disso, aproveite para ver qual é a nota do curso que você está pensando em fazer — vale lembrar que a pontuação máxima é 5. Esse tipo de indicador pode ser um critério de desempate.

3. Analise a infraestrutura oferecida

Outro benefício que uma faculdade de Medicina deve oferecer para os seus alunos e futuros médicos é ter uma ótima infraestrutura de aprendizado. Logo, se puder, pesquise na internet fotos das salas de aula, laboratórios, equipamentos, biblioteca, entre outros.

Mais um detalhe importante nesse sentido é a preocupação da faculdade em realizar parcerias para que o estudante consiga fazer estágios e aprender na prática. Por isso, aquela que não possui o seu próprio Hospital Escola deve pelo menos ter um convênio com um hospital.

4. Pesquise sobre a qualificação do corpo docente

Ainda que ter um campus maravilhoso e estruturado seja uma grande vantagem, pouco adianta contar com tantos benefícios sem ter professores de alto nível. Afinal, eles são os maiores responsáveis pela transmissão do conhecimento, certo?

Sendo assim, não deixe de considerar a qualificação do corpo docente na hora de avaliar uma instituição de ensino. Caso não encontre esses dados na página do curso, entre em contato com a faculdade para obter esse tipo de informação.

É fundamental que os profissionais sejam reconhecidos em suas áreas de atuação, tendo uma formação sólida e experiência prática no mercado — o que contribui bastante para a preparação dos estudantes.

Uma boa dica é fazer a pesquisa dos nomes na plataforma Lattes, que reúne uma enorme quantidade de currículos dos mais diversos segmentos. Portanto, se você nunca ouviu falar de determinado médico professor, essa pode ser uma alternativa para saber um pouco mais do seu trabalho e capacitação.

5. Busque referências que comprovem a qualidade

Existem alguns prêmios, certificados e indicadores de qualidade nesse mercado. Por exemplo: um deles é o selo SAEME (Sistema de Acreditação de Escolas Médicas), emitido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM).

Leia também:  Como trabalhar em uma startup: 4 dicas de sucesso!

Esse certificado só é concedido após rigorosas análises da instituição de ensino, como qualidade do corpo docente, da infraestrutura e da gestão. Portanto, verifique nas escolas superiores de seu interesse quais são os diferenciais, certificações e eventuais prêmios conquistados.

Não que seja difícil trabalhar na área da saúde. Pelo contrário: é um setor estável em termos de vagas e salários. Porém, para conseguir as melhores posições profissionais, a qualidade da faculdade de Medicina será importante.

6. Conheça a reputação antes de escolher a melhor faculdade de Medicina

Como acabamos de dizer, uma entidade educadora de respeito ajuda a melhorar a empregabilidade do profissional de saúde. Isso vale tanto para agregar valor ao currículo na hora de chamar a atenção dos recrutadores quanto na vida prática da profissão.

Uma faculdade que já é consagrada no ensino da Medicina faz muita diferença para deslanchar na carreira. Afinal, a responsabilidade de um médico é enorme. Portanto, prefira organizações com larga experiência nesse curso. Afinal, você vai precisar de aulas de laboratório, corpo docente preparado e bons equipamentos.

7. Visite as instalações

Para escolher a melhor Faculdade de Medicina, vá até o local da mesma para conferir as instalações e os detalhes do trajeto da sua casa até lá. É claro que não precisa ir de porta em porta em todas as faculdades que te interessarem.

Mas se você passar, antes de efetuar a matrícula, vá conferir de perto as instalações. Respeite os protocolos sanitários contra a Covid-19, é claro! Porém, é fundamental verificar se aquilo que está informado no site e redes sociais realmente corresponde à realidade.

Preste atenção em tudo: equipamentos, opções de transporte, salas de aula arejadas e com boa iluminação etc. Mais uma dica: pergunte se a faculdade oferece unidades laboratoriais para a transmissão do conhecimento prático de Anatomia, Fisiologia, Bioquímica e Histologia.

Também é importante ter atenção ao laboratório de captura de imagens e ao LMF (Laboratório Morfocuncional), que devem oferecer mesas anatômicas e manequins de última geração. Até o vestibular, tudo bem pesquisar sobre infraestrutura na internet. No entanto, na hora de se matricular, prefira um pouco mais de cautela.

Leia também:  Descubra quais são as melhores faculdades para abrir uma empresa

8. Converse com alunos veteranos

Outra sugestão é trocar uma ideia com os estudantes de Medicina da faculdade de seu interesse. Para isso, procure grupos de alunos nas redes sociais. Eles serão uma excelente fonte para fazer a sua escolha e encontrar a melhor opção para seu caso.

Assim, você vai poder buscar informações sobre questões como programas de bolsas, matérias mais difíceis e as opções de flexibilidade curricular, método que dá mais autonomia para o estudante, sem deixar de lado as necessárias aulas práticas.

9. Conheça os pontos negativos de uma faculdade de Medicina

Também é importante saber sobre eventuais aspectos negativos de uma instituição. O que pode tornar uma faculdade de Medicina ruim? Essa é uma reflexão bem interessante de se fazer.

Pela lógica, uma escola superior de Medicina deixa a desejar quando não cumpre um ou mais dos itens mencionados neste post. Também desconfie de mensalidades muito baratas! Oferecer a estrutura necessária e os professores qualificados custa caro. Assim, não leve em conta somente o valor da mensalidade na hora de tomar esse tão importante passo em sua vida.

E você? Entendeu o que fazer para achar a melhor faculdade de Medicina? Por mais que essa carreira seja concorrida, o estudante pode e deve fazer o seu próprio processo seletivo para encontrar uma entidade educadora à altura dos seus sonhos.

Sim, o aluno também escolhe! Agora, na hora de bater o martelo e efetuar sua matrícula, lembre-se de considerar o currículo dos professores, a infraestrutura, os equipamentos disponíveis e a tradição na formação de bons médicos.

Quer saber onde encontrar isso tudo em um só lugar? Então venha conferir o curso de Medicina do UniFOA!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas