Perfil profissional: entenda a importância de fazer o que gosta

Você já se perguntou qual é o segredo das pessoas bem-sucedidas? Ou o que motiva aqueles indivíduos que dão tão certo em sua profissão que despertam admiração e respeito por onde passam? Como conquistar o diferencial daqueles que fizeram de sua atividade diária uma arte e que se destacaram no mercado de trabalho?

Saiba que, em grande parte, aquele sentimento de autorrealização na vida adulta está ligado ao perfil profissional do indivíduo e à escolha de uma carreira. Em outras palavras: quando você transforma seu talento, sua arte ou sua área de interesse em profissão e se identifica com o que faz.

Quer saber qual é a relação entre as características pessoais e a escolha profissional? Então acompanhe nossas considerações sobre o assunto!

1. O autoconhecimento

A palavra “autoconhecimento” descreve a ação de se conhecer, de se entender enquanto pessoa, cidadão, estudante e profissional. E também de saber identificar preferências e habilidades brutas, que poderão ser desenvolvidas. Um indivíduo consciente das próprias competências e dificuldades conseguirá escolher mais fácil e rapidamente qual caminho percorrer!

2. O tempo de se questionar

No Ensino Médio, é comum que as escolas ocupem seus alunos com matérias e assuntos pertinentes aos exames como Enem e vestibulares, e esqueçam de incentivá-los a se questionar.

Nessa fase, é muito importante definir qual área do conhecimento humano mais estimula e traz satisfação para você.

Leia também:  Literatura no Enem: quais os assuntos mais cobrados no exame?

3. Os variados caminhos

A fase pré-acadêmica também é o período para pensar em como seus interesses poderão ajudá-lo a compor uma carreira!

Você gosta de desenhar e tem facilidade com arranjos visuais? Arquitetura ou Design podem ser ótimas opções. Vive calculando e gosta de fórmulas matemáticas? Então talvez Estatística ou Ciências Contábeis sejam um bom investimento.

Passa o dia inteiro lendo e tem habilidade de argumentar e expor seu ponto de vista? Os variados cursos da área de Ciências Humanas provavelmente vão chamar a  sua atenção.

4. A pesquisa de referências  

Além de se conhecer e identificar suas habilidades e predisposições naturais, profissionais bem-sucedidos pesquisam sobre seu campo de atuação. São aquelas pessoas apaixonadas que estão sempre à caça de referências, que buscam se atualizar sempre. E veja bem: não necessariamente para conseguir uma promoção ou aumento de salário, mas porque gostam de reciclar e adquirir novos conhecimentos e práticas.

Quem não tem interesse no que faz, acaba se tornando  um profissional mediano, sem iniciativas positivas que o diferenciem.  

5. O investimento na satisfação

Tenha em mente que escolher uma profissão por conta de um possível retorno financeiro imediato é perda de tempo e vida. Por que? Porque você estará desperdiçando seu talento e vitalidade em algo que não trará satisfação.

Pode não acontecer a curto prazo, mas para o profissional que não tem em sua atuação cotidiana uma fonte de prazer, de estímulo e desafio (no sentido construtivo da palavra) os dias acabam ficando cada vez mais pesados e infelizes.

Leia também:  Estudar em faculdade particular: 4 mitos que você deve esquecer

6. O perfil profissional e realização

Geralmente separamos nossas vidas em aspectos como pessoal, profissional etc. Mas a grande verdade é que todos esses elementos ajudam a compor o indivíduo que escolhemos ser.

Aqui entra a importância de conhecer seu perfil profissional e de construir uma carreira a partir dele. É essencial buscar a realização em todas as esferas de nossa existência!  

Entendeu por que sentir-se realizado com a profissão é determinante para a felicidade na vida adulta? Então nos siga no Facebook e no Instagram e fique sabendo das nossas novidades e conteúdos!

COMPARTILHAR

Leia também...

Escolha abaixo a melhor opção

Olá! Sou seu assistente Virtual. Posso te ajudar?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas

Luciana Pereira Pacheco Werneck

Especialização em Gerenciamento de Projetos
Data de admissão: 01/02/2018
Disciplinas lecionadas